Leia também:
X MPF denuncia Allan dos Santos por suposta ameaça a Barroso

Camargo diz que vai processar Martinho da Vila por racismo

Presidente da Palmares foi chamado de "preto de alma branca" pelo sambista

Thamirys Andrade - 18/08/2021 10h02 | atualizado em 18/08/2021 11h31

sergio camargo x martinho da vila
Sérgio Camargo e Martinho da Vila Foto: Colagem Pleno News

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, afirmou nesta terça-feira (18) que moverá uma ação contra Martinho da Vila por racismo e danos morais, após ser chamado de “preto de alma branca” pelo sambista.

– Ingressarei na Justiça com ação cível de indenização por danos morais contra Martinho da Vila, que atacou a minha honra com o uso da expressão “preto de alma branca”. […] A ação cível deve ser protocolada nesta quarta-feira (18/8). Ainda nesta semana, ingressarei também com ação criminal contra o cantor pelo crime de racismo – afirmou nas redes sociais.

Camargo também citou uma frase atribuída ao ator Morgan Freeman, em favor de uma “consciência humana”.

– O dia em que pararmos de nos preocupar com consciência negra, branca ou amarela e nos preocuparmos com consciência humana, o racismo desaparece – diz a reflexão.

A ação ocorre após o cantor Martinho da Vila disparar críticas nesta segunda-feira (16) ao presidente da Palmares durante entrevista no programa Roda Viva.

– A Fundação Palmares era uma fundação criada para tratar dos assuntos da cultura negra, do negro no geral. Botaram aquele cara lá, o Camargo, bolsonarista radical. Ele é um “preto de alma branca”, como se diz. No duro, ele gostaria de ser branco. Ele acha que ele é branco. Ele se sente branco. E tem que acabar com essas coisas todas de preto – afirmou ele.

Martinho disse ainda que o papel de Camargo é “acabar com a Fundação Palmares”, instituição que, para ele, não existe mais.

– Pra mim, aquilo acabou, ele retirou uma porção de coisa lá e tal, e eu acho que nós temos que criar uma outra fundação; aquela já era – emendou.

Leia também1 MPF denuncia Allan dos Santos por suposta ameaça a Barroso
2 Queiroga volta a criticar Doria: "O governador fala muita coisa"
3 Câmara aprova texto-base do 2° turno da minirreforma eleitoral
4 Subprocuradores pedem que PGR investigue Jair Bolsonaro
5 Câmara volta a adiar votação de reforma do Imposto de Renda

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.