Leia também:
X Prevent Senior terá que ‘dar’ R$ 1,9 milhão a idoso que recebeu kit covid

Cabral é condenado a pagar R$ 19 milhões por usar helicóptero

Ex-governador e sua ex-esposa usufruíram da aeronave do estado para uso particular

Thamirys Andrade - 30/09/2021 16h43 | atualizado em 30/09/2021 17h02

Adriana Ancelmo e Sérgio Cabral Foto: Folhapress/Paula Giolito

O ex-governador Sérgio Cabral e sua ex-esposa, Adriana Ancelmo, foram condenados nesta quarta-feira (29) pelo crime de peculato, devido ao uso particular de helicópteros do governo do estado para o transporte de familiares, amigos e funcionários.

Com a decisão, Cabral terá de cumprir mais 11 anos e oito meses de prisão, e sua ex-esposa mais oito anos e quatro meses. Além disso, os dois terão de pagar um total de R$ 19,9 milhões de indenização ao estado.

Cabral foi acusado de ter utilizado o helicóptero ao menos 2.281 vezes em voos particulares durante seus dois mandatos como governador do Rio de Janeiro, que ocorreram de 2007 a 2014.

Já a ex-esposa do político teria cometido o mesmo crime por pelo menos 220 vezes. Segundo o MP, a maior parte dos voos tinha como destino a mansão do ex-casal, no condomínio Portobello, em Mangaratiba.

A condenação foi determinada pelo juiz André Felipe Veras de Oliveira, da 32ª Vara Criminal da Capital do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ).

A decisão permite que Cabral e Adriana recorram em liberdade. Mas, como o ex-governador já se encontra preso em razão de outros crimes, ele seguirá em regime fechado. Até o momento, Cabral já foi sentenciado a mais de 300 anos de prisão.

O ex-casal foi denunciado em 2008 pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, após investigações iniciadas por denúncias de deputados da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Leia também1 Corregedoria investiga fotos de mulher nua em delegacia do Rio
2 Quem é Luciano Hang? De filho de operários a bilionário
3 Alexandre Frota pede fim do PIX, e Banco Central responde
4 Polícia do DF prende grupo que incentiva suicídio nas redes
5 Sergio Moro se reúne com João Doria e Mandetta em jantar

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.