Leia também:
X Globo coloca muro de acrílico entre apresentadores de jornal

Bruno Gagliasso e Fernando Collor discutem nas redes sociais

Parlamentar pediu ao ator que pare de "de espernear e querer lacrar"

Henrique Gimenes - 10/02/2021 14h48 | atualizado em 10/02/2021 16h30

Bruno Gagliasso discutiu com o senador Fernando Collor Foto: Arte/Pleno.News

Nesta terça-feira (9), o ator Bruno Gagliasso e o ex-presidente e atual senador Fernando Collor (Pros-AL) protagonizaram uma discussão nas redes sociais. Os dois “trocaram ataques” no Twitter.

A polêmica teve início após o ator criticar os “conselhos” dados por Collor ao atual presidente Jair Bolsonaro.

– Chega a ser uma piada esse presidente que representaria tudo de “novo” trazer pra ser seu conselheiro ECONÔMICO um sujeito que fez tantas famílias sofrerem com sua política econômica. BolsoCollor é um escárnio – escreveu Bruno Gagliasso.

Fernando Collor, no entanto, não deixou barato e disse ao artista para querer “lacrar”.

– Sujeito, para de espernear e querer lacrar. Aproveita o tempo vago e vai fazer algo de útil pelo Brasil. Se não conseguir, vai para Noronha e para de encher o saco – afirmou Collor.

A resposta do senador deixou Bruno Gagliasso revoltado.

-Tá querendo palco, irmão? Eu não ganho dinheiro do povo pra estar no Twitter ofendendo os brasileiros. Eu sou um brasileiro pagador de impostos e você é meu funcionário. Vai trabalhar e me respeite – rebateu Bruno.

Em outra publicação, o ator ainda voltou a falar sobre o assunto.

– Num país decente, o político me apresentaria O TRABALHO dele, com educação, pra que eu mudasse ou não de opinião. No Brasil, o sujeito se acha no direito de xingar o povo. É inacreditável – afirmou Bruno.

Leia também1 Equipe de Paulo Guedes é contra recriar CPMF para bancar auxílio
2 Justiça arquiva inquérito contra advogado que chamou Bolsonaro de "genocida" na CNN
3 Rachadinhas: Presidente do STJ dá voto pró-Flávio Bolsonaro
4 TSE rejeita ações que pediam cassação da chapa de Bolsonaro
5 Parlamentares questionam Lira por mudar Comitê de Imprensa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.