Leia também:
X MS: Evento do PT tem tentativa de estupro, diz jornal

Bolsonaro veta ex-secretário de Doria em cargo no governo

Alexandre Baldy ocuparia cargo de articulação política no Ministério da Economia

Paulo Moura - 06/12/2021 07h35 | atualizado em 06/12/2021 09h17

João Doria ao lado de Alexandre Baldy Foto: Divulgação/CPTM

O presidente Jair Bolsonaro decidiu vetar o nome do ex-secretário dos Transportes do governo de João Doria em São Paulo, Alexandre Baldy (PP-GO), para um posto de articulação política dentro do Ministério da Economia. A informação foi revelada por fontes do governo a diversos veículos de imprensa.

A pasta do ministro Paulo Guedes deve anunciar nesta semana algumas mudanças, que incluem a troca de dois secretários e a criação de uma nova secretaria dentro do ministério. Nesta reestruturação, estaria a ida de Baldy para um cargo de assessor especial de Guedes, cuja responsabilidade seria cuidar da relação com o Congresso Nacional.

O presidente Jair Bolsonaro, porém, não aceitou o nome do político pelo fato de ele ter sido secretário de Transportes em São Paulo, no governo João Doria, que é adversário político do presidente e pré-candidato ao Palácio do Planalto pelo PSDB. Baldy também aparece como pré-candidato ao Senado em Goiás, onde Bolsonaro tem a intenção de emplacar outro nome.

Vale lembrar que Alexandre Baldy, que também foi deputado federal por Goiás e ministro das Cidades no governo do ex-presidente Michel Temer, chegou a ser preso em agosto de 2020 por atos suspeitos antes de assumir a pasta no governo de São Paulo. Segundo a investigação, Baldy usou da influência dos cargos de deputado e ministro para intermediar contratos sobre os quais ganharia um percentual.

Leia também1 MS: Evento do PT tem tentativa de estupro, diz jornal
2 “Tenho agenda marcada com Sergio Moro”, diz João Doria
3 Thiaguinho anuncia carreira internacional: 'Muito feliz'
4 Dilma ironiza rumores sobre internação por embolia pulmonar
5 Dra. Raíssa Soares tem redes bloqueadas: "Não vão me parar"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.