Bolsonaro: “Vamos resgatar o orgulho de ser brasileiro”

Presidente eleito foi diplomado nesta segunda-feira

Pleno.News - 10/12/2018 16h56

Nesta segunda-feira (10), o presidente eleito, Jair Bolsonaro, foi diplomado em cerimônia no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, também recebeu o diploma. A solenidade estava marcada para às 16h, mas só teve início às 16h25.

Estiverem presentes a vice-presidente do TSE, ministra Rosa Weber, o vice-presidente da Corte, ministro Luiz Fux, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, os ministros do TSE, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e o presidente da OAB, Claudio Lamachia.

Além deles, a esposa do presidente eleito, Michelle Bolsonaro, sua filha Laura e seus outros filhos também compareceram.

A diplomação é um atestado de que as eleições ocorreram regularmente e que os candidatos foram efetivamente escolhidos pela maioria do povo. Após receber o documento, Jair Bolsonaro fez um discurso onde agradeceu a todos os presentes, aos seus filhos, sua esposa e a Deus.

– Quero agradecer a Deus por estar vivo e também por essa missão no Executivo. Tenho certeza que, ao lado dele, venceremos os obstáculos (…) Hoje, eu e o general Hamilton Mourão recebemos os diplomas que nos habilitam a investidura nos cargos de presidente e vice-presidente da República. Trata-se do reconhecimento de que o povo escolheu seus representantes em eleições livre e justas, como determina a nossa Constituição. Não poderia estar mais honrado com a confiança demonstrada pelo povo brasileiro – destacou.

O presidente eleito também disse que, ao longo de sua vida pública, sempre se pautou pela defesa dos valores da família, pelos interesses do Brasil e pela soberania nacional. Durante o discurso, Jair Bolsonaro pediu a confiança da parcela da população que não votou nele.

– A partir de 1º de janeiro, serei o presidente de 210 milhões de brasileiros. Governarei em benefício de todos, sem distinção de origem social, raça, sexo, cor, idade ou religião. Com humildade, coragem e perseverança, e tendo fé em Deus para iluminar minhas decisões, me dedicarei dia e noite ao objetivo que nos une: a construção de um Brasil próspero, justo, seguro e que ocupe o lugar que lhe cabe entre as grandes nações do mundo – ressaltou.

Jair Bolsonaro apontou ainda os desejos de mudança “expressos nas eleições” e que o povo quer paz e prosperidade. Ele prometeu dar condições adequadas para que a população possa desenvolver seu potencial e falou sobre acabar com a corrupção, com a violência, com as mentiras e com a manipulação ideológica. O presidente também disse que seu governo irá oferecer um estado eficiente.

– Diferenças são inerentes em uma sociedade múltipla e complexa como a nossa, mas jamais devemos nos afastar dos ideias que nos unem; O amor à pátria e o compromisso com a construção de um presente de paz e de um futuro mais próximo (…) Com o apoio e o engajamento de todos, vamos resgatar o orgulho de ser brasileiro. Vamos resgatar o orgulho pelas cores de nossa bandeira e pela força de nosso hino. Porque temos a certeza de que esse país tem como destino a prosperidade e a paz. O Brasil deve estar acima de tudo – apontou.

Após o presidente eleito terminar seu discurso, a presidente do TSE, Rosa Weber, também fez um discurso.

*Atualizada às 17h27

LEIA TAMBÉM+ Pr. Josué Valandro participa de diplomação de Bolsonaro
+ Moro fala em apuração de ex-assessor de Flávio Bolsonaro
+ Bolsonaro quer remarcar nova cirurgia para ir a evento


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo