Leia também:
X Segunda fase da Operação Maria da Penha prende mais de 12 mil

Bolsonaro sugere que terá mais governabilidade com Congresso

Presidente destacou que o Brasil escolheu maioria de deputados e senadores que o apoiam

Pleno.News - 07/10/2022 12h09 | atualizado em 07/10/2022 12h32

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Em uma das primeiras inserções na TV, no segundo turno das eleições, o presidente Jair Bolsonaro (PL) exalta sua base de apoio no Congresso e sugere que terá mais governabilidade que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se for reeleito. O chefe do Executivo também pede que seus eleitores ajudem a mudar os votos de colegas de trabalho, amigos e vizinhos a seu favor.

– O povo brasileiro deu o recado e elegeu a maioria de deputados e senadores que apoiam o presidente Bolsonaro. Por isso, pense bem! Se você quer um governo de paz e harmonia para o Brasil, precisamos de um presidente que trabalhe junto com os representantes que você escolheu – diz a narradora da peça publicitária.

Bolsonaro, então, afirma que a eleição para a Câmara e o Senado sinalizaram que o Brasil está “no caminho da paz, da ordem e do progresso”. O PL, partido de Bolsonaro, vai ter as maiores bancadas das duas Casas do Congresso a partir do ano que vem.

O presidente conseguiu eleger para o Senado, por exemplo, aliados como Damares Alves (Republicanos-DF), ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos; o vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos-RS); Tereza Cristina (PP-MS), ex-ministra da Agricultura; o deputado estadual Cleitinho (PSC-MG); Jorge Seif (PL-SC), ex-secretário da Pesca; Rogério Marinho (PL-RN), ex-ministro do Desenvolvimento Regional; Marcos Pontes (PL-SP), ex-ministro da Ciência e Tecnologia; e Magno Malta (PL-ES).

Nesta quinta-feira (6), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), disse que a população elegeu o Congresso para a continuidade do atual governo. Em ato de campanha no Palácio da Alvorada, o deputado, que foi o mais votado de Alagoas nesta eleição, afirmou que o Parlamento brasileiro é de centro-direita, reformador e conservador. Os brasileiros, na visão dele, “deixaram uma mensagem muito forte” nas urnas no primeiro turno.

Em outra inserção na TV, Bolsonaro pede para seus apoiadores virarem votos.

– Eu quero primeiramente agradecer aos 51 milhões de brasileiros e brasileiras que acreditaram em mim no último dia 2 de outubro. Mas, agora, temos um segundo momento, o segundo turno, que será dia 30 de outubro. Eu peço a vocês que continuem trabalhando insistentemente, com seu vizinho, com seu amigo, com seu colega de trabalho para mostrar para ele que o Brasil está dando certo – diz o presidente.

*AE

Leia também1 Jair Bolsonaro chama Alexandre de Moraes de ditador
2 Tebet: "Lula menosprezou eleitor ao olhar para o retrovisor"
3 Roberto Justus declara voto em Bolsonaro no 2° turno
4 Zema diz que todo mineiro deveria ser "PTfóbico"
5 Gafe: Em discurso, Lula chama Eduardo Paes de "Sérgio"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.