Bolsonaro sobre protestos: “Só vi faixa de Lula Livre”

Presidente também disse que o problema da educação já vem de antes do seu governo

Pleno.News - 16/05/2019 14h43

Presidente Jair Bolsonaro disse que só viu faixa de “Lula Livre” Foto: Marcos Corrêa/PR

Nesta quinta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro comentou novamente as manifestações pela educação ocorridas na quarta-feira (15) e disse que só viu “faixa de Lula livre”. A declaração foi dada a jornalistas na porta do hotel onde está hospedado em Dallas, no Textas (EUA).

– Ontem, só vi faixa de “Lula Livre”, mais nada. Vi uma manifestação, agora de manhã, de professores de escolas particulares cujos filhos foram levados para a passeata, nem sabiam o que estava acontecendo – ressaltou.

Os protestos contra o contingenciamento de recursos da educação aconteceram em mais de 200 cidades no país. Somente no Rio de Janeiro, o público estimado foi de mais de 250 mil pessoas. Na cidade, no entanto, a passeata terminou em confusão com confronto entre a polícia e um ônibus queimado. Para Bolsonaro, não há justificativa para as manifestações, já que a educação brasileira não era uma maravilha antes dele assumir.

– Parece que até 31 de dezembro a educação estava uma maravilha, e de lá para cá virou esse horror. Veja as notas do Pisa (programa internacional de avaliação de estudantes), que começaram em 2000. Somos os últimos classificados num grupo de aproximadamente 65 países. Cobrem a tabuada da garotada da nona série: 70% não sabem a regra de três. Quem diz não sou eu, é o Pisa. Não sabem interpretar um texto, não sabem responder a perguntas básicas de ciência. Eu que sou o responsável por isso? – questionou.

LEIA TAMBÉM+ Ministro da Educação ironiza deputados e gera reclamações
+ Internet denuncia "Lula Livre" em protestos pela educação


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo