Leia também:
X Ministros do STF suspendem quebras de sigilo feitas pela CPI

Bolsonaro sobre passaporte de imunidade: “Se passar, eu veto”

Projeto foi aprovado no Senado e tramita na Câmara dos Deputados

Thamirys Andrade - 15/06/2021 10h36 | atualizado em 15/06/2021 10h51

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Nesta terça-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores que vetará o “passaporte de imunidade”, caso seja aprovado na Câmara. Para o chefe do Executivo, o documento seria uma forma de obrigar a população a se vacinar contra o novo coronavírus.

– O que tu acha do passaporte da Covid? Aquela onda aí estourou nas mídias sociais. Sem comentários. A vacina vai ser obrigatória no Brasil? Não tem cabimento – declarou Bolsonaro em frente ao Palácio da Alvorada.

O Certificado de Imunização e Segurança Sanitária (CSS) que tramita na Casa Legislativa visa ser um comprovante para que vacinados tenham livre acesso a eventos culturais, viagens e demais locais com restrição. O projeto foi aprovado pelo Senado e agora está em tramitação na Câmara dos Deputados. Para o presidente, o texto não deve receber o aval dos parlamentares.

– Eu não acredito que passe pelo Parlamento. Se passar, eu veto, e o Parlamento tem o direito… Tem o direito, não. Vai analisar o veto. Se derrubar, aí é lei.

O presidente defendeu que cada país deve fazer suas normas, em referência às nações que adotaram a medida, como Japão, Reino Unido, Israel e União Europeia.

– Alguns falam: “Para você viajar, tem que ter um cartão de vacinação”. Cada país [que] faça as sua regras. Se, para ir para tal país, tem que ter tomado tal vacina, se você não tomar, você não entra.

Leia também1 Ministros do STF suspendem quebras de sigilo feitas pela CPI
2 Após ser expulso, Maia diz que o DEM virou "moeda de troca"
3 Toffoli nega liminar e Bolsonaro pode bloquear site de notícia
4 Bolsonaro se reúne com a Pfizer e pede antecipação de vacinas
5 Em nota, Brasil cumprimenta novo primeiro-ministro de Israel

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.