Leia também:
X Eduardo Cunha sobre futuro: “Me aguardem, eu vou voltar”

Bolsonaro sobre Lula: ‘Querem votar nesse filho do capeta’

Presidente também criticou opositores do regime militar

Pierre Borges - 14/05/2021 12h55 | atualizado em 14/05/2021 14h00

Bolsonaro irritado
Presidente da República, Jair Bolsonaro Foto: Reprodução/YouTube/Foco do Brasil

Em conversa com apoiadores, o presidente Jair Bolsonaro criticou a esquerda e, sem citar nomes, chamou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de “filho do capeta”. A declaração foi feita em frente ao Palácio da Alvorada na manhã desta sexta-feira (14).

– A canalhada da esquerda continua a mesma coisa. E uma turma ainda quer votar nesse filho do capeta aí. Olha, se esse cara voltar, nunca mais vai sair. Escreve aí – declarou.

Bolsonaro também criticou os opositores do regime militar brasileiro, destacando a revolta armada dos guerrilheiros, especialmente o militar desertor Carlos Lamarca, a quem chamou de “herói da esquerda”.

– Eles [da esquerda] tinham um tribunal de honra [durante o regime militar]. Só praticavam justiçamento (sic) por fuzilamento. Avocaram o tribunal de honra, a canalhada, e resolveram matar a coronhadas porque, se fuzilassem um tenente de 23 anos de idade, despertariam, por parte das forças de segurança, a localização. Mataram a coronhadas um tenente de 23 anos de idade. Quem matou foi o Lamarca, herói da esquerda brasileira – apontou o presidente.

As declarações ocorrem dois dias após uma pesquisa do instituto Datafolha apontar que Lula possui hoje 41% das intenções de voto contra 23% de Bolsonaro, o que faria com que o petista vencesse as eleições de 2022.

Leia também1 Passagens de voo para ver a Superlua se esgotam em 2,5 min
2 Eduardo Cunha sobre futuro: "Me aguardem, eu vou voltar"
3 Weintraub aparece em 2° em pesquisa para governador de SP
4 Gabriel Monteiro revela traumas na saúde após trabalho na PM
5 Marcelo Queiroga faz mudanças na equipe da Saúde

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.