Leia também:
X Bolsonaro espera “sinalização do povo” para “tomar providências”

Bolsonaro sobre Barroso e CPI: “A temperatura está subindo”

O presidente afirmou que a decisão do ministro é uma atitude para atingi-lo

Paulo Moura - 14/04/2021 11h58 | atualizado em 14/04/2021 12h04

Presidente Jair Bolsonaro durante discurso Foto: PR/Alan Santos

Em conversa com apoiadores na manhã desta quarta-feira (14) em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro questionou novamente a decisão do ministro Luís Roberto Barroso de determinar a instalação da CPI da Covid. Na ocasião, o presidente questionou os motivos que levaram o ministro tomar a decisão contra ele e não aprovar processos de impeachment contra ministros da Corte.

– Por qual motivo o Barroso não determina que se investigue colegas seus no STF, já que tem processo lá de impeachment [no Senado] em cima dele? É só para cima de mim? Eu não quero falar só do Supremo. Mas que ministro é esse? É uma interferência, sim, desse ministro junto ao Senado para me atingir. Agora, repito: a temperatura está subindo – disse.

Durante a conversa com seus correligionários, Bolsonaro fez uma série de críticas ao Supremo Tribunal Federal e afirmou que o Brasil está próximo de um colapso por conta das medidas de restrição impostas por governadores e prefeitos.

– [É] Um barril de pólvora que está aí! – completou o presidente.

Leia também1 Bolsonaro espera "sinalização do povo" para "tomar providências"
2 Bolsonaro inclui Correios no Programa de Desestatização
3 Vítima da Covid, deputado José Schiavinato morre aos 66 anos
4 Em nova 'pérola', Dilma cria o 'papa Pio 13' e o chama de 'complicado'
5 Feliciano aponta 'inconsistência' do arcebispo de São Paulo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.