Leia também:
X Renúncia em massa força saída de Nienov da liderança do PTB

Bolsonaro sobre atritos com Pedro Castillo: “Tudo superado”

Presidente disse que "todos os países da América do Sul são importantes"

Monique Mello - 03/02/2022 16h32 | atualizado em 03/02/2022 17h00

Presidentes Jair Bolsonaro e Pedro Castillo Foto: PR/Alan Santos

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta quinta-feira (3) que quaisquer atritos na relação com o presidente peruano, o esquerdista Pedro Castillo, estariam superados. A declaração foi feita pouco antes do encontro com o líder do país vizinho, em Porto Velho, Rondônia.

O presidente peruano é de esquerda na economia, mas conservador nos costumes e considerado autoritário pela oposição.

– Queremos América do Sul livre, liberdade de expressão, de imprensa. Logicamente que esse encontro tem a ver com isso. Só podemos ter boa relação se democracia imperar – disse Bolsonaro.

Questionado se a relação já estaria normalizada, o presidente respondeu:

– Tudo superado. Todos os países são importantes para nós aqui, na América do Sul.

O chefe do Executivo brasileiro ainda afirmou que não discute eleições de outros países.

– Política, cada um cuida do seu pedaço. Temos interesse, e [o] povo é responsável por suas escolhas. Não vou discutir se [o] povo votou certo ou errado em qualquer lugar do mundo. Temos experiência de alguns países aqui, na América do sul. Parece que não deu certo. Parece que é sinal de alerta – disse o presidente.

Bolsonaro cumprimentando o presidente da República do Peru, Pedro Castilho Foto: PR/Alan Santos

Bolsonaro se reuniu com Castillo no início desta tarde no Palácio Rio Madeira, sede do governo de Rondônia. Na pauta, havia questões de defesa, crimes transnacionais, comércios, cooperações das mais variadas possíveis. Nas palavras de Bolsonaro, “os dois países têm muito a ganhar com isso”.

– Cada vez mais, estamos procurando maneiras de melhor nos relacionarmos com nossos vizinhos. Temos interesses comuns com Peru: conservadorismo, amor à pátria, respeito, família, valores tradicionais. A gente vai fazendo o possível com todos os países – disse Bolsonaro em vídeo nas redes sociais durante um passeio de moto com apoiadores em Porto Velho.

Leia também1 Bolsonaro ignora 'ameaças' e avisa: 'Se Biden me convidar, vou aos EUA'
2 Bolsonaro revela: "11 ministros deixarão o governo em março"
3 Lula "culpa" Bolsonaro por morte de jovem congolês no Rio
4 Bolsonaro publica postagem em inglês com apoio a Joe Rogan
5 Lula oferece comando de Ministério a Geraldo Alckmin

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.