Leia também:
X CPI da Covid: Integrantes terão que fazer testagem semanal

Bolsonaro sobre ataque a creche em SC: “Que a Justiça seja feita”

Presidente se pronunciou por meio de uma rede social

Ana Luiza Menezes - 06/05/2021 18h53 | atualizado em 06/05/2021 19h31

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Nesta quarta-feira (5), o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para se pronunciar sobre o ataque que resultou na morte de cinco pessoas em uma escola infantil em Saudades, no estado de Santa Catarina.

– Difícil entender como um ser humano pode ser tão cruel a ponto de invadir uma creche e covardemente tirar a vida de inocentes crianças e suas professoras. Nesse momento, só Deus pode dar forças e confortar os corações daqueles que viveram esse terror na manhã de ontem. Que a fé, na certeza do amor de Cristo e da justiça divina, seja o combustível para suportar a dor da perda, e que os céus acolham esses anjinhos, bem como as professoras Keli e Mirla, que deram suas vidas para proteger todas as crianças e agora descansam ao lado de Deus.

Além de lamentar as vidas perdidas, Bolsonaro desejou que a Justiça seja feita contra o autor do ataque.

– Embora lamentavelmente nossa Constituição não permita penas suficientemente severas para esse tipo de crueldade, como prisão perpétua, em respeito aos familiares pedimos que a Justiça seja feita e o autor desse ato covarde seja punido de forma exemplar.

O CASO
A creche Pró-Infância Aquarela foi invadida por Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, por volta das 9h30 na manhã de terça-feira (4). Saudades tem apenas 10 mil habitantes e fica no extremo oeste de Santa Catarina. Segundo informações da Polícia Civil de Santa Catarina, o jovem usou uma adaga para desferir os golpes.

Entre as vítimas, estão a professora Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos; a agente educadora Mirla Renner, de 20 anos; e três crianças menores de 2 anos.

A governadora em exercício de Santa Catarina, Daniela Reinehr (sem partido), decretou luto oficial de três dias no estado.

Presidente se manifestou por meio de uma rede social Foto: Reprodução

Leia também1 Assassino de creche em SC pode ter pena próxima dos 100 anos
2 Atraso para servir almoço salvou a vida de outras crianças em SC
3 SC: Segundo polícia, autor de atentado era problemático
4 Ministério libera verba para segurança pública nos estados
5 Autor de atentado que matou cinco pessoas em SC é intubado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.