Leia também:
X “Ufa!”, ironiza Araújo ao deixar comando da campanha de Doria

Bolsonaro sobre acordo do TSE e WhatsApp: “Não será cumprido”

Presidente criticou a parceria firmada para combater fake news nas eleições deste ano

Henrique Gimenes - 15/04/2022 14h24 | atualizado em 15/04/2022 14h37

Presidente Jair Bolsonaro discursou para motociclistas Foto: Reprodução/Print de vídeo publicado por Bolsonaro nas redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro comentou, nesta sexta-feira (15), uma parceria firmada entre o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o WhatsApp para combater fake news. De acordo com Bolsonaro, esse acordo “inadmissível, inaceitável e não vai ser cumprido”.

A parceria fechada entre o TSE o WhatsApp tem por objetivo combater a divulgação de notícias falsas durante as eleições deste ano. A Corte eleitoral também firmou parcerias com outras redes sociais e aplicativos de mensagem, como o Facebook e o Telegram.

As declarações de Bolsonaro foram feitas em um discurso feito a motociclistas que participaram de uma motociata em São Paulo.

– Isso que o WhatsApp tá fazendo no mundo todo, sem problema. Agora, abrir uma excepcionalidade para o Brasil é inadmissível, inaceitável e não vai ser cumprido esse acordo que porventura eles realmente tenham feito com o Brasil, com informações que eu tenho até o presente momento – destacou.

Leia também1 Motociata com Bolsonaro leva multidão pelas estradas de SP
2 Amanda Klein revela que o marido é eleitor de Bolsonaro
3 Bolsonaro leva pai de Gusttavo Lima a palanque: "Meu colega"
4 Feliciano ironiza Alckmin: 'Vivi pra ouvir tucano gritar viva Lula'
5 Bolsonaro afirma que projeto de lei das fake news é 'um desastre para a informação'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.