Leia também:
X Senado aprova piso salarial de R$ 4,7 mil para enfermeiros

Bolsonaro sobe o tom contra Kassab: “Quer a volta do Lula”

Gilberto Kassab atualmente está no comando do PSD, sigla que propõe a candidatura de Rodrigo Pacheco ao Planalto

Pleno.News - 25/11/2021 11h47 | atualizado em 25/11/2021 12h32

O ex-ministro de Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab Foto: Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom

O presidente da República, Jair Bolsonaro, subiu o tom contra o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, nesta quinta-feira (25). O presidente da República afirmou, em entrevista à Rádio Sociedade da Bahia, que Kassab quer a volta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao poder.

– Antes do Marcos Pontes, quem era o ministro da Ciência e Tecnologia? Não sabia a diferença de gravidade e gravidez. Era o senhor Kassab. Olha o que ele faz hoje em dia. Está colado no Lula. Quer a volta do Lula. Com a volta do Lula, vai ser ministro, vai pegar a Caixa Econômica para ele administrar – declarou Bolsonaro

Nos bastidores, figuras políticas apostam que Kassab aceitaria negociar apoio a outro nome na disputa, incluindo o petista, em vez de ter um representante de seu próprio partido na disputa, que atualmente seria o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). A hipótese, no entanto, é negada pelo ex-ministro do governo Dilma.

Ainda na entrevista, Bolsonaro afirmou que o PL, partido ao qual deve se filiar na próxima terça-feira (30), não fará alianças estaduais com partidos de esquerda e que tal decisão já está “acertada” com Valdemar Costa Neto, presidente da sigla.

*AE

Leia também1 Senado aprova piso salarial de R$ 4,7 mil para enfermeiros
2 Agência de checagem erra ao apontar termos como racistas
3 "Por mim, não teria Carnaval", afirma Jair Bolsonaro sobre 2022
4 Fundação que criou app do PSDB suspeita de "ataque hacker"
5 Moro sobre Lula e Bolsonaro: "Não tenho medo de cara feia"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.