CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Covid-19: Teste com 100% de eficácia é aprovado no Brasil

Bolsonaro: “Só Deus ou o povo para me tirar da cadeira”

Em entrevista à imprensa nesta sexta-feira, presidente falou que seu governo não tem acusações de corrupção

Henrique Gimenes - 22/05/2020 21h10 | atualizado em 22/05/2020 21h59

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta sexta-feira (22), que setores sociedade estão tentando tirá-lo da Presidência da República, mas que somente Deus e o povo têm esse poder. A declaração foi dada durante uma entrevista à imprensa.

Bolsonaro falava sobre as medidas de isolamento social e como o Brasil estava ficando mais pobre devido à elas, assim como os aumentos dos casos de violência. Para ele, as medidas não deram certo, mas estão tentando usar a crise econômica para tentar tirá-lo do poder.

– Essa política [de isolamento] não deu certo, está nos empobrecendo (…) Essa é a herança que estamos tendo, porque uma parte resolveu, através da economia, tirar o presidente da República da cadeira dele. Mas só me tira da minha cadeira dois entes: Primeiro Deus e depois o povo – explicou.

Ele explicou que procura dar sempre o seu melhor e disse que seu governo não tem denúncias de corrupção.

– Eu procuro dar o melhor de mim. Sei das minhas deficiências, tanto é que o Paulo Guedes é o cara da economia (…) [Somos] um governo que, apesar de poucos recursos, não tem acusação de corrupção. Se tiver, vamos para o pau, na jugular do cara – apontou.

O presidente também afirmou que seu governo acredita em Deus.

– [Somos] Um governo que está dando esperança para o povo. Um governo que acredita em Deus. Passou a ser crime agora ser cristão no Brasil. Está na Constituição o que é ser família (…) O estado é laico, mas eu sou cristão. E respeito todo mundo – destacou.

Leia também1 Bolsonaro: "Cadê a parte do vídeo que eu interfiro na PF?"
2 Bolsonaro: "Só se eu fosse um rato para entregar o telefone"
3 Bolsonaro diz 'Brasil acima de tudo' após divulgação de vídeo
4 Bolsonaro chama Doria de 'bosta' e Witzel de 'estrume'
5 Heleno: 'Apreender celular de Bolsonaro seria uma afronta'

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo