Leia também:
X Jair Bolsonaro confirma que vai participar de motociata no Catar

Bolsonaro: Servidor terá reajuste se PEC dos Precatórios passar

Presidente garantiu que não haverá exceção

Pierre Borges - 16/11/2021 13h31 | atualizado em 16/11/2021 14h47

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Isac Nóbrega

O presidente Jair Bolsonaro prometeu nesta terça-feira (16) que, caso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios seja aprovada pelo Congresso nacional, todos os servidores públicos terão seus salários reajustados. Bolsonaro disse ainda que já conversou com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e que não haverá nenhuma exceção.

– [Os servidores públicos] Estão há dois anos sem reajuste. Conversei com o Paulo Guedes, e, passando a PEC dos Precatórios, tem que ter um pequeno espaço para dar um pequeno reajuste. Não é o que eles merecem, mas é o que nós podemos dar. Todos os servidores federais, sem exceção – disse Bolsonaro à imprensa após participar de um seminário de investimentos no Bahrein, país do Oriente Médio.

O texto da PEC já foi aprovado pela Câmara dos Deputados, mas aguarda aprovação do Senado para receber a sanção presidencial. Caso o Senado aceite a proposta, serão liberados R$ 91,6 bilhões no Orçamento de 2022, o que tornaria viável a implantação do programa Auxílio Brasil de R$ 400 sem ultrapassar o teto de gastos.

As mudanças propostas pela PEC incluem o adiamento no pagamento de precatórios (dívidas judiciais do governo oriundas de condenações definitivas expedidas pelo Judiciário) e a alteração do teto de gastos, que impede que as despesas da União cresçam em ritmo superior à inflação.

Leia também1 Whindersson quer se aposentar em dois anos: "Não estou feliz"
2 Jair Bolsonaro confirma que vai participar de motociata no Catar
3 Faria anuncia parceria com Elon Musk para internet na Amazônia
4 'Bolsonaro argentino' é eleito, e coalizão conservadora decola
5 Camila Pitanga deixa Globo após 25 anos e fecha com HBO Max

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.