Leia também:
X Zé Trovão detona Moraes: ‘Você perdeu! Você não é nada!’

Bolsonaro: ‘Sanha ditatorial’ não chegará ao Brasil, temos Deus

Presidente comparou o país a outros da América Latina

Monique Mello - 07/09/2021 12h13 | atualizado em 07/09/2021 12h19

Presidente Jair Bolsonaro se encontra com apoiadores na rampa do Palácio do Planalto. Foto: PR/Marcos Corrêa

O presidente da República, Jair Bolsonaro, atribuiu a um apoio divino e popular para evitar o que chamou de “sanha ditatorial” no Brasil. A declaração foi dada durante deslocamento para a manifestação do 7 de setembro, em Brasília.

Em transmissão ao vivo nas redes sociais, Bolsonaro lembrou do juramento que fez nas Forças Armadas para dar a vida pela pátria.

– O juramento continua em pé e tenho certeza que cada um de vocês tudo fará para que sua liberdade seja garantida – disse o chefe do Executivo.

O presidente afirmou que alguns países da América Latina “relaxaram” ao achar que a “sanha ditatorial” nunca chegaria aos seus territórios.

– Não vai chegar aqui. Temos Deus ao nosso lado e o povo também – declarou.

Bolsonaro também afirmou que o Executivo não aceitará mais as medidas impostas pelo por governadores e prefeitos, autorizados pelo Poder Judiciário.

– Creio que o momento chegou – afirmou.

Leia também1 No 7 de setembro, governadores de oposição protestam pela web
2 Povo lota orla de Copacabana em forte apoio a Bolsonaro. Fotos!
3 Bolsonaro chega a cerimônia em Rolls-Royce dirigido por Nelson Piquet
4 Bolsonaro já enquadra: "Eu não admito jogo fora das 4 linhas"
5 Eduardo Bolsonaro alerta para infiltrados da esquerda em atos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.