Leia também:
X Para Sheherazade, jornalistas são atacados injustamente

Bolsonaro revela rotina para Leda Nagle: ‘Durmo só 4 horas’

Presidente concedeu entrevista para o canal da jornalista no Youtube

Gabriela Doria - 02/08/2019 18h08

Jair Bolsonaro é entrevistado por Leda Nagle Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro concedeu uma entrevista especial para o canal de Leda Nagle no Youtube, nesta sexta-feira (2). Entre os assuntos abordados está o atentado que ele sofreu em 2018, quando foi golpeado por Adélio Bispo com uma faca.

Para Bolsonaro, o mandante do crime teria sido encontrado se a Polícia Federal quebrasse o sigilo telefônico de advogado de Adélio, Zanone Manuel de Oliveira. Ele também refuta a ideia de que o defensor de Adélio trabalhou de graça.

– Que coração grande do advogado em defender o pobre do Adélio. Com toda a certeza a Polícia Federal entrando no celular [do advogado] encontraria o mandante – declarou.

Bolsonaro também falou sobre as recentes declarações que deu, que foram consideradas polêmicas, como por exemplo quando falou do pai do presidente da OAB, o militante Fernando Santa Cruz.

– Que que eu tô fazendo aqui que afronta a lei, a Constituição, os bons costumes? Não estou fazendo nada. Muito pelo contrário, a economia está reagindo, estamos recuperando os empregos, estão aparecendo investimentos – elencou Bolsonaro.

Sobre sua rotina e como ele se mantém informado, o presidente contou que se informa pela internet e através de seus assessores.

– Eu tenho um sono picado, [durmo] no máximo 4 horas. Então eu fico ali na internet lendo, vou no Facebook. Vou me inteirando do que está acontecendo para gente poder chegar bem informado [no dia seguinte] – destacou.

Recentemente, Bolsonaro, que iria saltar de paraquedas em Goiânia, recebeu ordens médicas para adiar a atividade.

– Havia essa possibilidade de saltar com o batalhão de forças especiais em Goiânia, dentro d’água, mas na última hora, ele [médico] resolveu me dar um cartão vermelho. A idade vai chegando, né? Mas na próxima ida à Goiânia eu terei a possibilidade de saltar em uma lagoa. Mas isso faz parte da vida da gente – ponderou.

 

 

 

Leia também1 Bolsonaro exonera diretor do INPE após dados polêmicos
2 Bolsonaro não anunciou fim das cotas em universidades
3 Jair Bolsonaro admite falha ao editar MP de terras indígenas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.