Leia também:
X Cabify faz parceria e passa a oferecer serviço de táxi no RJ

Bolsonaro retira o Brasil do Pacto para Migração da ONU

Presidente alegou que o país "é soberano para decidir se aceita ou não migrantes"

Camille Dornelles - 09/01/2019 09h47 | atualizado em 11/01/2019 08h54

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu Foto: Agência Brasil/Fernando Frazão

O presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmou que o Brasil se retirou do Pacto Global para Migração Segura, Ordenada e Regular das Nações Unidas nesta quarta-feira (9).

Segundo o mandatário, a decisão foi “para preservar os valores nacionais”. Na mensagem divulgada no Twitter, o presidente também afirmou que as pessoas que entrarem no país terão que se submeter às leis brasileiras e respeitar sua cultura.

– O Brasil é soberano para decidir se aceita ou não migrantes. Quem por ventura vier para cá deverá estar sujeito às nossas leis, regras e costumes, bem como deverá cantar nosso hino e respeitar nossa cultura. Não é qualquer um que entra em nossa casa, nem será qualquer um que entrará no Brasil via pacto adotado por terceiros – disse Bolsonaro.

Jair Bolsonaro confirma saída do Brasil do Pacto Foto: Reprodução

SAIBA MAIS
O Pacto Global para Migração foi ratificado em dezembro na Assembleia Geral da ONU por 152 países, entre eles o Brasil, durante o governo do ex-presidente Michel Temer. Na ocasião de sua criação, o pacto foi rejeitado por Estados Unidos, Israel, Hungria, República Tcheca e Polônia.

O documento de sua criação tem 23 objetivos a serem conquistados em conjunto pelos 164 países que aderiram ao projeto. A saída do pacto vai contra o perfil multilateralista e em prol dos direitos humanos do Brasil na Organização das Nações Unidas.

No entanto, aproxima o país do posicionamento dos Estados Unidos e de Israel.

Leia também1 'Previdência será apresentada a Bolsonaro semana que vem'
2 Reforma da Previdência terá capitalização, diz Guedes
3 Jair Bolsonaro é homenageado com medalha pela Marinha

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.