Leia também:
X Criança pula do 2º andar de casa para escapar de incêndio

“Se o Parlamento promulgar, teremos voto impresso em 2022”

Bolsonaro deu declarações durante cerimônia no Palácio do Planalto

Pleno.News - 12/05/2021 18h41 | atualizado em 12/05/2021 18h45

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro voltou a insinuar nesta quarta-feira (12) problemas em pleitos anteriores para defender a adoção do voto impresso a partir da disputa de 2022.

– Esse novo Parlamento que está aí já é melhor que o anterior, e tenho certeza que nas urnas de 2022, com voto auditável aprovado por vocês, não teremos mais dúvidas na cabeça de qualquer cidadão se o processo foi conduzido com lisura ou não. Se o Parlamento promulgar, teremos voto impresso em 2022. Ninguém passará por cima da decisão do Parlamento brasileiro. Chega de sermos atropelados – disse.

Ele deu declarações durante uma cerimônia no Palácio do Planalto.

Bolsonaro acrescentou que tem certeza de que o seu governo deixará saudades, “em 2022 ou 2026”.

– É muito mais difícil fazer a coisa certa. Fazer a coisa errada tem os elogios públicos e as manchetes de jornais, mas não é esse o caminho certo. Somos um governo que também erra, mas enquanto durar nosso mandato, o governo vai buscar o melhor para tudo – completou.

Em cerimônia de assinatura do protocolo de intenções da Caixa para aderir ao programa “Adote Um Parque”, lançado em fevereiro pelo Governo Federal, Bolsonaro aproveitou para elogiar o presidente do banco, Pedro Guimarães, que entregou um lucro de R$ 4,6 bilhões no primeiro trimestre do ano.

– Até pouco tempo atrás, as diretorias da Caixa eram loteadas. O assalto corria a céu aberto. Hoje o Pedro Guimarães com liberdade para trabalhar e cada vez mais a Caixa abraça o Brasil – acrescentou.

*Estadão

Leia também1 Bolsonaro minimiza efeitos da CPI: "Só Deus me tira daqui"
2 Leia íntegra da carta enviada pela Pfizer a Bolsonaro
3 Bolsonaro deve ir à Marcha da Família Cristã pela Liberdade
4 Bolsonaro ironiza Renan: "Faça uma CPI do leite condensado”
5 Popularidade de Jair Bolsonaro aumenta mesmo diante de CPI

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.