Bolsonaro recebe medalha por salvar vida de colega, em 1978

Presidente eleito impediu que soldado se afogasse durante atividade do exército

Pleno.News - 05/12/2018 18h04

Presidente eleito recebeu honraria por salvar vida de soldado, em 1978 Foto: Reprodução Instagram

O presidente eleito Jair Bolsonaro recebeu, nesta quarta-feira (5), a Medalha do Pacificador com Palma do Exército, por ter salvo a vida de um soldado, em 1978. A honraria foi concedida em reconhecimento a “abnegação, coragem e bravura com eminente risco da própria vida”. No episódio, Bolsonaro impediu que o então soldado Celso se afogasse.

O caso veio à tona em um depoimento de Bolsonaro à Folha de S. Paulo, em 2011. Já na cerimônia, o político relembrou o dia do salvamento.

– Num exercício, um soldado desapareceu na lagoa e eu era atleta das Forças Armadas, bom nadador inclusive, e consegui encontrá-lo e resgatá-lo. O soldado Celso, está aqui do meu lado, e nós requerimos essa medalha quando começaram a se avolumar as acusações de que eu seria racista. E o soldado Celso, todo mundo vê, é um afrodescendente e fui atrás dele, arrisquei a minha vida – disse o futuro presidente ao jornal.

A cerimônia de entrega da medalha aconteceu no Quartel-General do Exército, em Brasília, e foi exclusiva para convidados.

LEIA TAMBÉM+ Bolsonaro: 'Usarei a caneta se denúncia for robusta'
+ Magno Malta diz não guardar mágoa e entender Bolsonaro
+ Bolsonaro: "Previdência será votada nos primeiros 6 meses"

  • Adicione nosso número de WhatsApp: +55 (21) 97150-9158 e envie sugestões direto para a redação.