Leia também:
X Operação mira quadrilha que aplicava golpes em idosos

Bolsonaro recebe homenagem e inaugura escola militar no RJ

Presidente recebeu medalha e inaugurou escola na Zona Norte do Rio de Janeiro

Paulo Moura - 14/08/2020 09h35 | atualizado em 14/08/2020 10h10

Bolsonaro inaugura escola cívico-militar no Rio de Janeiro Foto: PR/Marcos Corrêa

O presidente Jair Bolsonaro participou da inauguração de uma escola cívico-militar na manhã desta sexta-feira (14) no bairro do Rocha, Zona Norte do Rio de Janeiro. O local deve ter capacidade para 500 alunos, mas duas unidades anexas que integrarão o mesmo complexo só serão abertas depois, com previsão de conclusão até o fim de 2020.

A atividade marca o último dia permitido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para participação de pré-candidatos à prefeituras em inauguração de obras. Originalmente, a restrição iniciaria no dia 4 de julho, mas, como as eleições foram adiadas de outubro para novembro por conta da pandemia, a data foi postergada.

Durante seu discurso, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, se disse honrado com a presença de Bolsonaro e disse que o presidente “levou uma facada na barriga para o povo não levar uma facada nas costas”. O gestor carioca também destacou que tanto ele quanto Bolsonaro sofrem com perseguições por parte da imprensa.

– Nós vamos sofrer muito, injúrias, calúnias, infâmias, um dilúvio de ódios e paixões, mas ao final, presidente, depois dos seus oito anos de governo, quando passarmos em frente a uma escola como essa, quando vermos nossos jovens amando o Brasil, nós vamos de consciência tranquila agradecer a Deus e dizer: “Valeu a pena” – relatou.

Já o presidente Bolsonaro afirmou que a inauguração no Rio de Janeiro nesta sexta é um “marco” e disse ter certeza que “o que plantamos hoje aqui, certamente colheremos lá na frente”. O chefe do Executivo também destacou que a educação é a principal forma de resgatar a população humilde das situações de pobreza.

– Uma maneira de mostrarmos que queremos realmente resgatar o pobre, que não é apenas por meio de projeto social, que não resgata, é dando lhes o devido conhecimento – completou.

Além da inauguração, o presidente também recebeu a medalha Marechal Zenóbio da Costa, a maior comenda da Guarda Municipal do Rio de Janeiro, entregue ao líder do Executivo pelas mãos do prefeito Marcelo Crivella.

Leia também1 Recorde em 2 anos! Aprovação de Bolsonaro sobe e vai a 37%
2 Anvisa facilitará a aquisição de cloroquina, diz Bolsonaro
3 Bolsonaro parabeniza Trump por acordo no Oriente Médio
4 STJ: Ministro manda prender Queiroz e esposa novamente
5 Vice de Biden já atacou Bolsonaro por queimadas na Amazônia

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.