Leia também:
X Pacheco promete reação a “arroubo contra democracia”

Bolsonaro rebate Globo sobre o aborto da menina de 11 anos

O presidente se posiciona contra a prática

Monique Mello - 25/06/2022 09h48 | atualizado em 25/06/2022 09h57

Bolsonaro se posiciona contra o aborto Foto: Clauber Cleber Caetano/PR

Nesta sexta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro (PL) reagiu a uma matéria publicada pelo jornal O Globo sobre sua opinião acerca do caso da menina de 11 anos que ficou grávida após um suposto estupro, mas foi submetida a um procedimento de aborto.

Em sua live semanal na última quinta (23), Bolsonaro havia classificado o caso como uma “tragédia” e se posicionado terminantemente contra a prática de aborto. De acordo com o chefe do Executivo, a matéria do O Globo visa induzir as pessoas a acharem que ele não está preocupado com o sofrimento da menina.

– Globo, não adianta induzir as pessoas a acharem que somos de alguma forma coniventes com um crime tão bárbaro como o estupro, ou que não nos preocupamos com o sofrimento de uma criança de 11 anos. São vocês que demonstram desprezo por uma das vítimas: a criança de 7 meses – escreveu no Twitter.

Bolsonaro defendeu que fossem preservadas ambas as vidas: da menina e do bebê.

– Se existe a chance de preservar duas vidas INOCENTES, por que não defendê-las? A felicidade de uma depende da morte da outra. Por que quem defende as duas vidas é pior do que quem defende apenas uma? Estranha essa dificuldade para quem defende facilmente a vida de bandidos – pontuou.

O presidente pontuou ainda as duras leis contra estupradores, defendidas por ele, citando a castração química.

– É por enxergar o sofrimento das vítimas e a covardia dos estupradores, que sempre lutei por penas mais duras para este crime, inclusive a castração química. Insensibilidade é promover em rede nacional um abraço quase que romântico a um preso condenado por estupro de vulnerável.

– Para nós, tanto a criança de 11 anos quanto o bebê de 7 meses são vidas que precisam ser preservadas. Para vocês e todos os que promoveram essa barbárie, somente uma dessas vidas importam e a outra pode ser descartada numa lata de lixo, mesmo que exista chance de se evitar isso – finalizou o presidente.

Leia também1 Vítima de estupro, menina de 11 anos aborta gêmeos no Piauí
2 EUA: Ao menos 13 estados já irão derrubar o "direito ao aborto"
3 Vaticano diz que decisão sobre aborto "interpela mundo inteiro"
4 Trump sobre revogação do aborto: "Deus tomou a decisão"
5 Bolsonaro diz que única certeza com a esquerda é "a pobreza"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.