Leia também:
X Bolsonaro cancela encontro com presidente de Portugal

Bolsonaro rebate ataques de opositores e critica narcotráfico

Presidente da República se manifestou por meio das redes sociais, nesta sexta-feira

Pleno.News - 01/07/2022 19h04 | atualizado em 01/07/2022 19h53

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Nesta sexta-feira (1º), o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para rebater ataques de seus opositores. Ele destacou que é rotulado como misógino por quem “está de mãos dadas com o narcotráfico, que objetifica, escraviza, espanca, tortura, queima, mata e esquarteja mulheres, muitas vezes filmando para servir de exemplo para as outras”.

O chefe do executivo ressaltou ainda que seu governo endureceu penas para crimes contra as mulheres.

– É uma boa forma de distrair inocentes a esquerda me rotular falsamente de misógino enquanto está de mãos dadas com o narcotráfico, que objetifica, escraviza, espanca, tortura, queima, mata e esquarteja mulheres, muitas vezes filmando para servir de exemplo para as outras. Isso pode afetar pessoas muito sensíveis, mas é uma verdade que não pode ser ignorada. A violência está, sim, em todos os lugares e deve ser combatida, nós inclusive endurecemos penas para crimes contra a mulher, a diferença é que para o crime organizado essa violência é lei. (…) Enquanto uns vivem de falsas promessas e frases de efeito para enganar o público feminino, nós temos enfrentado esse verdadeiro mal, endurecendo penas para crimes contra mulher, reduzindo a violência, ampliando o direito de se defender e atacando fortemente o crime organizado – escreveu.

Ele prosseguiu, apontando os crimes do narcotráfico.

– Não há ambiente + nocivo às mulheres do que os dominados pelo narcotráfico. Usar figuras femininas para amenizar a imagem dos que apoiam essas práticas é não apenas colaborar com o crime, mas fazer demagogia manipulando inocentes, que serão as primeiras vítimas dos criminosos – concluiu Bolsonaro, no Twitter.

Leia também1 Bolsonaro cancela encontro com presidente de Portugal
2 No TSE, Fachin faz discurso com recados ao presidente Bolsonaro
3 Após jantares com ricos, Lula chama banqueiros de imbecis
4 Lula critica Bolsonaro e a PEC dos benefícios: "Projeto eleitoral"
5 STF: Maioria barra aumento de publicidade do governo em 2022

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.