Leia também:
X Caixa paga auxílio para 7,6 milhões nesta terça-feira

Bolsonaro parabeniza PF após operação que mirou Witzel

Presidente afirmou que tomou conhecimento de ação da Polícia Federal pela imprensa

Paulo Moura - 26/05/2020 10h12 | atualizado em 26/05/2020 10h57

Bolsonaro fala com a imprensa na saída do Palácio da Alvorada Foto: Agência Brasil/Antônio Cruz

O presidente Jair Bolsonaro parabenizou a Polícia Federal na manhã desta terça-feira (26) após tomar conhecimento da Operação Placebo, que teve como alvos o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e a primeira-dama do Estado, Helena Witzel. O chefe do Executivo disse que soube da operação pela imprensa.

– Parabéns à Polícia Federal. Fiquei sabendo agora pela mídia. Parabéns à Polícia Federal, tá ok? – afirmou.

A operação, batizada de Placebo, busca, segundo a PF, provas de um possível esquema de corrupção envolvendo uma organização social contratada para a instalação de hospitais de campanha e “servidores da cúpula da gestão do sistema de saúde do Estado do Rio de Janeiro”.

A investigação apura fraudes na contratação da organização social Iabas para a montagem de hospitais de campanha. O inquérito contra Witzel foi aberto a partir de um depoimento de Gabriell Neves, ex-subsecretário de Saúde preso sob suspeita de fraudes na compra de respiradores.

Neves mencionou o nome do governador ao Ministério Público do Rio de Janeiro. Estão sendo cumpridos 12 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro e São Paulo.

*Com informações da Folhapress

Leia também1 Witzel e esposa são alvos de operação que apura desvios
2 PF cumpre mandado na residência oficial de Witzel
3 Pres. da Caixa diz que "matava ou morria" se filha fosse presa
4 Bolsonaro: "Cadê a parte do vídeo que eu interfiro na PF?"
5 Bolsonaro chama Doria de 'bosta' e Witzel de 'estrume'

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.