Leia também:
X STJ mantém prisão de filho de Flordelis que fraudou carta

Bolsonaro nomeia Bruno Bianco como n° 2 do ministério de Onyx

Bruno era até então secretário especial da Previdência no Ministério da Economia

Paulo Moura - 29/07/2021 08h40 | atualizado em 29/07/2021 09h37

Bruno Bianco Foto: Reprodução/G1

O presidente Jair Bolsonaro nomeou, nesta quinta-feira (29), o então secretário especial da Previdência no Ministério da Economia, Bruno Bianco Leal, como secretário-executivo do novo Ministério do Trabalho e Previdência, considerado o cargo número 2 da pasta que será chefiada por Onyx Lorenzoni.

Recriado oficialmente na quarta-feira (28), o Ministério do Trabalho passou a existir novamente na estrutura do governo por meio da Medida Provisória (MP) n° 1.058, que altera a Lei n° 13.844, de 18 de junho de 2019, e terá até 13 secretarias.

A recriação do Ministério do Trabalho foi negociada pelo presidente Bolsonaro com o ministro da Economia, Paulo Guedes. O chefe da equipe econômica foi consultado, porque ele perderá a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, que cuida das políticas de emprego do governo desde o início da gestão Bolsonaro.

A recriação da pasta faz parte da minirreforma ministerial promovida pelo presidente da República esta semana. Além do novo ministério, o presidente também fez trocas em sua equipe de ministros. Na Casa Civil, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) assumiu o lugar do general Luiz Eduardo Ramos. O militar, por sua vez, assumiu o posto que era de Onyx na Secretaria-Geral da Presidência.

Leia também1 Olimpíadas: Mayra Aguiar faz história e ganha bronze no Judô
2 STJ mantém prisão de filho de Flordelis que fraudou carta
3 Prefeito do interior de Goiás é preso por abusar de meninos
4 Olavo de Carvalho recebe alta após cateterismo de emergência
5 Michelle Bolsonaro surge em clique raro ao lado das irmãs

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.