Leia também:
X Homem é preso por estuprar a própria filha e o enteado

Bolsonaro: ‘Não temos corrupção endêmica, mas casos isolados’

Em discurso durante evento da CNI, presidente afirmou que seu governo "ataca a possível corrupção na origem"

Henrique Gimenes - 29/06/2022 16h16 | atualizado em 29/06/2022 17h11

Presidente Jair Bolsonaro em evento promovido pela CNI Foto: Reprodução/Print de vídeo publicado nas redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro participou, nesta quarta-feira (29), de um evento promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em sua fala, o presidente abordou a questão da corrupção no Brasil e disse que não existe “corrupção endêmica” em seu governo, mas que alguns casos isolados “pipocam”.

O Diálogo da Indústria com os Candidatos à Presidência da República foi promovido pela CNI no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília. Um dos temas discutidos por Bolsonaro foi a entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

– O estudo avançado do ingresso do Brasil na OCDE é sinal de que o Brasil é bem-visto globalmente. Atacamos a facilitação de negócios bem como o combate à corrupção. Nisso estamos muito bem no governo – pontuou.

Ele então tratou da corrupção e disse que seu governo ataca o problema “na origem”.

– Não temos nenhuma corrupção endêmica no governo, tem casos isolados que pipocam, e a gente busca solução para isso (…). A gente ataca a possível corrupção na origem, não interessa descobrir o corrupto, nós queremos evitar que apareça a figura do corrupto (…). Nós combatemos de fato a corrupção. As estatais davam prejuízo, hoje dão lucro – ressaltou.

Leia também1 RJ: Vereador chama parlamentar trans de homem e é condenado
2 Bolívia: Ex-presidente agradece, mas rejeita convite de Bolsonaro
3 Funcionárias da Caixa cobram demissão de Pedro Guimarães
4 Homem é preso suspeito de estuprar neta da companheira
5 Temer e Alckmin discutiram a reforma trabalhista em reunião

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.