Leia também:
X Lula diz que Deltan enganou doadores ao receber doações

“Não podemos trazer para o Brasil um problema lá de fora”

Em evento no Piauí, presidente Jair Bolsonaro falou sobre sua posição em relação à guerra na Ucrânia

Pleno.News - 30/03/2022 17h14 | atualizado em 31/03/2022 13h15

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Isac Nóbrega

Nesta quarta-feira (3o), o presidente Jair Bolsonaro (PL) reforçou sua posição neutra sobre a guerra na Ucrânia, condenada pelo Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU). Durante o evento de lançamento do 5G no agronegócio em Baixa Grande do Ribeiro, Piauí, ele voltou a afirmar que não pretende tomar partido.

– Se alguns, em especial da imprensa, queriam que eu tomasse partido, vão continuar querendo – afirmou.

Bolsonaro também defendeu sua visita oficial ao presidente russo, Vladimir Putin, em Moscou às vésperas da guerra. O conflito ainda não tinha começado, mas já era iminente.

– A nossa ida à Rússia há poucas semanas bem demonstrou como nosso governo trata a questão da política externa brasileira – explicou.

Ele então afirmou que não se deve trazer problemas externos ao Brasil.

– Buscamos um ponto de equilíbrio, buscando o consenso, sempre buscamos a paz, mas não podemos trazer para dentro do nosso Brasil um problema lá de fora. Lamentamos todas as mortes ocorridas, mas não podemos trazer problema para nosso país – acrescentou.

O presidente também voltou a defender a adoção do voto impresso, como fez durante os eventos da manhã.

– Não podemos deixar que três ou quatro pessoas decidam, definam como vão ser essas eleições. A alma da democracia é o voto e a contagem dele faz parte dessa alma – disse.

A fala foi uma nova crítica indireta aos ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que articularam a rejeição da proposta do voto impresso junto aos parlamentares.

*AE

Leia também1 Bolsonaro: "Não serão 2 ou 3 que decidirão a contagem de votos"
2 Mourão sobre indicado para Petrobras: "Não vai mudar nada"
3 Hang anuncia que não disputará as eleições por causa da família
4 Lula compara Petrobras a Jesus e diz que empresa foi crucificada
5 Bolsonaro passou mal porque trabalha muito, diz ministra

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.