Leia também:
X Detento em saída temporária assalta casa em São Paulo

Bolsonaro minimiza: ‘Datafolha não é parâmetro para nada’

Presidente rechaçou levantamento que apontou suposta alta na rejeição ao governo

Gabriela Doria - 19/09/2021 12h16 | atualizado em 19/09/2021 12h21

Presidente Jair Bolsonaro minimizou impacto das pesquisas Datafolha Foto: PR/Alan Santos

O presidente Jair Bolsonaro minimizou a nova pesquisa do Datafolha, que indicou um suposto crescimento na reprovação ao seu governo. Em sua tradicional live das quintas-feiras (16), Bolsonaro colocou em dúvida a idoneidade do levantamento.

– A gente sofre muita crítica. O Datafolha falou agora que eu tenho 53% de rejeição. Bem, o Datafolha não é parâmetro para nada – declarou.

Segundo a pesquisa, 53% dos participantes consideram o governo ruim ou péssimo; 24% consideram regular; e 22% consideram ótimo ou bom, e 1% não soube responder.

Outro ponto abordado pelo levantamento foi a opinião sobre a gestão da pandemia por parte do governo federal. O resultado mostrou que 54% dos entrevistados acreditam que a gestão de Bolsonaro foi ruim ou péssima.

Bolsonaro argumentou que sempre atuou pelo esclarecimento da população sobre os benefícios e riscos das vacinas.

– Se toma uma vacina para ter anticorpos, mas eu [que não tomei] estou bem. Vou tomar uma vacina, a Coronavac por exemplo, que não vai chegar a essa efetividade. Então para que eu vou tomar? Depois que todo o mundo tomar a vacina no Brasil, eu vou decidir o meu futuro – disse.

Leia também1 Renan pedirá indiciamento de Bolsonaro em relatório da CPI
2 Jair Bolsonaro embarca para NY para Assembleia da ONU
3 Renan critica suspensão de vacina a adolescentes e fala em 'crime de Bolsonaro'
4 Vídeo mostra população de Campinas vaiando Doria
5 Bolsonaro: ‘Verde e amarelo está assumindo o lugar do vermelho’

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.