Leia também:
X Cientistas da UFRJ: Retorno às aulas é imprescindível

Bolsonaro manda recado sobre a vacina: “A caneta Bic é minha”

Presidente comentou declaração do vice Hamilton Mourão sobre a compra da vacina chinesa

Henrique Gimenes - 30/10/2020 17h52 | atualizado em 30/10/2020 20h58

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Marcos Corrêa/PR

Ao comentar as declarações do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, sobre a compra da vacina chinesa da Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro lembrou que “a caneta Bic é minha”. A afirmação foi feita pelo presidente ao portal R7 nesta sexta-feira (30).

Mais cedo, Mourão abordou a questão da imunização da Covid-19 e disse ser “lógico” que o governo brasileiro iria adquirir a Coronavac, produzida em parceria pelo Instituto Butantan com a empresa chinesa Sinovac.

– O governo vai comprar a vacina, lógico que vai. Já colocamos os recursos no Butantan para produzir essa vacina. O governo não vai fugir disso aí – disse o vice-presidente à Veja.

Após a declaração, o presidente lembrou a Mourão que ele tem a palavra final nessa questão.

Leia também1 'Governo vai comprar vacina da China', contraria Mourão
2 New York Times alerta contra vacina chinesa: "Apressada"
3 "Arruma outro para pagar sua vacina", diz Bolsonaro a Doria
4 Covid: Putin diz que vacinas russas são "seguras e eficazes"
5 Guedes diz esperar que Doria pague por vacina sem ajuda

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.