Leia também:
X Jean diz querer ‘ser petista com o mesmo orgulho de ser gay’

Bolsonaro manda recado: “Quer a ditadura? Não é comigo”

Declaração foi dada em conversa com apoiadores nesta terça-feira

Henrique Gimenes - 25/05/2021 14h03 | atualizado em 25/05/2021 15h06

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Presidência da República/Alan Santos

O presidente Jair Bolsonaro negou, nesta terça-feira (25), que tenha interesse em instalar uma ditadura no Brasil. Em conversa com apoiadores, ele afirmou que não iria discutir o assunto e afirmou que aqueles que não estiverem contentes com ele podem votar em Lula nas eleições de 2022.

A declaração foi dada pelo presidente após ele ser questionado por uma apoiadora sobre o motivo de deixar o povo sofrer.

– É muito importante o que vou falar. Presidente, o senhor é o chefe da nação; é o chefe das Forças Armadas. Por que deixa o povo sofrer assim? Seus ministros sofrerem, o senhor sofrer? – indagou.

Bolsonaro então respondeu.

– Você passou 30 anos votando em quem? Passou 30 anos votando em que tipo de gente? Vamos com calma. Quer a ditadura? Não é comigo. Tem algum posicionamento contra ou a favor do 31 de maio de 64? Por que veio tudo em cima da gente naquela época. Olha, não vou discutir não. Não vou debater não. Quem não está contente comigo, tem Lula em 22 – apontou.

Leia também1 Confederação israelita repudia fala de Calheiros sobre nazismo
2 CPI: Mayra diz que não recebeu ordem para uso da cloroquina
3 'Cúpula' da CPI critica Pazuello por participar de ato no RJ
4 Exército pode punir Pazuello por participação em 'motociata'
5 Para Mourão, Pazuello sabe que errou ao participar de motociata

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.