Leia também:
X Moraes ordena nova prisão de Eustáquio, diz Sandra Terena

Bolsonaro dá aviso a Moraes: ‘Ou se enquadra ou pede para sair’

Presidente afirmou que o ministro STF age como canalha e disse que ele "tem tempo ainda para se redimir"

Henrique Gimenes - 07/09/2021 16h38 | atualizado em 07/09/2021 20h20

Presidente Jair Bolsonaro criticou o ministro Alexandre de Moraes Foto: EFE/ Fernando Bizerra

Em seu segundo discurso pelo Dia da Independência, o presidente Jair Bolsonaro disparou críticas ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e o chamou de ‘canalha’. As declarações foram dadas por Bolsonaro ao falar com apoiadores na Avenida Paulista, em São Paulo, nesta terça-feira (7).

Aos presentes, Bolsonaro defendeu que os “presos políticos” sejam postos em liberdade e sugeriu que não irá mais cumprir decisões de Moraes.

– Nós devemos sim, porque eu falo em nome de vocês, determinar que todos os presos políticos sejam postos em liberdade. Alexandre de Moraes, esse presidente não mais cumprirá. A paciência do nosso povo já se esgotou – apontou.

O presidente também disse que Alexandre de Moraes precisa se enquadrar ou pedir “para sair” e afirmou que ele tem tempo de se redimir.

– Ou esse ministro se enquadra ou ele pede para sair. Não se pode admitir que uma pessoa apenas, um homem apenas turve a nossa liberdade (…) [Quero] dizer a esse ministro que ele tem tempo ainda para se redimir. Tem tempo ainda de arquivar seus inquéritos. Sai Alexandre de Moraes, deixa de ser canalha, deixa de oprimir o povo brasileiro – destacou.

Ele também voltou a disparar críticas contra o processo eleitoral brasileiro “patrocinado” pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso.

– Não posso mais participar de uma farsa patrocinada pelo presidente do TSE – apontou.

Por fim, Bolsonaro voltou a dizer que apenas Deus retira ele do cargo de presidente afirmou “aos canalhas” que nunca será preso.

Nesse momento, eu quero mais uma vez agradecer a todos vocês. Agradecer a Deus, pela minha vida e pela missão, e dizer aqueles que querem me tornar inelegível em Brasília que só Deus me tira de lá (…) Quero dizer aos canalhas que eu nunca serei preso – apontou.

 

Leia também1 Bolsonaro sobrevoa a Avenida Paulista e população grita "mito"
2 Atos contra Bolsonaro fracassam e viram piada na web: "Fiasco"
3 Fux aguardará fala de Bolsonaro em SP para decidir 'resposta'
4 Renan chama protestos de fiasco e diz que Bolsonaro "perdeu"
5 Saiba o que é o Conselho da República, citado por Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.