Leia também:
X Mãe que matou 2 filhos tentou explodir casa, aponta delegado

Bolsonaro: Jantar de Alckmin e Lula parecia saidão de cadeia

Presidente ironizou encontro da possível chapa concorrente

Pierre Borges - 12/01/2022 13h47 | atualizado em 12/01/2022 14h03

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quarta-feira (12) o jantar de Lula e Alckmin, que ocorreu em São Paulo, no dia 19 de dezembro. Bolsonaro disse que a reunião parecia um “saidão de cadeia”.

O evento marcou a primeira aparição pública de Lula e Alckmin desde que o petista começou a cogitar a formação de uma chapa ao lado do ex-governador de São Paulo. Em entrevista à Gazeta Brasil, Bolsonaro ironizou o “jantar da democracia”.

– É igual aquele jantar em São Paulo, o “jantar da democracia” patrocinado pelo Lula e Alckmin. Olha aquelas pessoas que estiveram presentes. Parecia que era um saidão de cadeia. Hoje, inclusive, um advogado falou o seguinte: “Presidente Lula, se o cara já cometeu o crime, punir por quê? Prender pra quê?” – declarou o presidente.

A fala de Bolsonaro se refere à declaração do advogado Antonio Cláudio Mariz de Oliveira, que, em um jantar no dia 22 de dezembro, perguntou ao presidente Lula coisas do tipo: “O crime já aconteceu. De que adianta punir?” e “que se puna, mas que não se ache que a punição irá combater a corrupção”.

Veja a entrevista completa:

Leia também1 Jantar de Lula e Alckmin contou com Maia e cúpula da CPI
2 Dilma não foi convidada para o jantar de Lula. Veja o motivo!
3 Mãe que matou 2 filhos tentou explodir casa, aponta delegado
4 Faustão abre o jogo e explica saída repentina da Rede Globo
5 Boris Johnson admite ida a festa durante lockdown e se desculpa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.