CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Toffoli rejeita pedido de Sara Winter para afastar Moraes

Bolsonaro ironiza oposição: ‘Viverei ainda muito tempo’

Presidente defendeu hidroxicloroquina nas redes

Pleno.News - 08/07/2020 14h49 | atualizado em 08/07/2020 15h07

Presidente Jair Bolsonaro disse que ainda irá viver por muito tempo Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender o uso da hidroxicloroquina nesta quarta-feira (8), afirmando que ainda viverá por muito tempo.

Em publicação em suas redes sociais, Bolsonaro aparece sorrindo em uma foto com uma xícara na mão no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República onde o chefe do Executivo está desde a noite de segunda-feira (6), depois que fez exames no Hospital das Forças Armadas (HFA).

– Aos que torcem contra a hidroxicloroquina, mas não apresentam alternativas, lamento informar que estou muito bem com seu uso e, com a graça de Deus, viverei ainda por muito tempo – ironizou.

Na tarde de terça-feria (7), após divulgar que está com Covid-19, Bolsonaro publicou um vídeo nas redes sociais em que toma uma dose de hidroxicloroquina e afirma que “com toda certeza” o tratamento para o novo coronavírus “está dando certo”. “Eu confio na hidroxicloroquina, e você?”, argumentou na publicação de terça.

O presidente da Fundação Palmares Sergio Camargo escreveu nesta terça que Jair Bolsonaro deveria ser remunerado pelo seu trabalho de divulgação da cloroquina.

Desde o início da pandemia, o presidente entrou em sintonia com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na defesa do uso da hidroxicloroquina associada à azitromicina como solução para o avanço do novo coronavírus.

Na publicação desta quarta-feira, Bolsonaro trouxe novamente algumas afirmações que já havia feito na entrevista em que anunciou que está doente.

– Todas as medidas de isolamento adotadas por governadores e prefeitos sempre visaram retardar o contágio enquanto os hospitais se preparavam para receber respiradores e leitos UTIs – escreveu Bolsonaro.

O presidente disse ter atendido a todos com recursos e outros meios necessários e citou o pagamento do auxílio emergencial como destaque.

– Nenhum país do mundo fez como o Brasil. Preservamos vidas e empregos sem propagar o pânico, que também leva a depressão e mortes. Sempre disse que o combate ao vírus não poderia ter um efeito colateral pior que o próprio vírus – afirmou Jair Bolsonaro.

*Folhapress

Leia também1 Bolsonaro toma cloroquina em vídeo: "Me sinto muito bem"
2 O que a lei diz sobre desejar a morte do presidente?
3 Página de apoio a Bolsonaro tem conta excluída do Twitter
4 Médica provoca revolta ao desejar morte de Bolsonaro
5 PF irá investigar colunista que 'torce' por morte de Bolsonaro

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo