Leia também:
X Sergio Moro condena saidinha de Nardoni: “É imoral”

Bolsonaro ironiza jornalistas: “Vocês iriam todos presos”

Presidente voltou a defender o excludente de ilicitude, ou "licença para matar"

Camille Dornelles - 09/08/2019 14h44

Presidente Jair Bolsonaro fala à imprensa ao sair do Palácio da Alvorada Foto: Agência Brasil/Antonio Cruz

Em uma entrevista coletiva nesta sexta-feira (9), o presidente Jair Bolsonaro ironizou os jornalistas ao defender o excludente de ilicitude para policiais.

– Se acontece um erro, um acidente, isso vai ser apurado. Evidentemente, se aconteceu isso, o policial não teve a intenção de cometer esse crime. Eventualmente pode ocorrer algum excesso e, como eu disse, não tem nenhuma extravagância nisso. Se excesso jornalístico desse cadeia, todos vocês estariam presos – atacou, sob aplausos de populares.

Bolsonaro falava sobre a permissão para que policiais matem bandidos em serviço. Para ele, a medida permitirá melhor ação policial e a garantia da lei e da ordem.

– O que o bandido tem de aprender? Que deve respeitar as Forças Armadas e as forças auxiliares e ponto final. É só fazer duas ou três operações com o excludente de ilicitude que a bandidagem vai acabar – avalia.

Leia também1 Sergio Moro condena saidinha de Nardoni: "É imoral"
2 'Farei um trabalho intenso e árduo', diz Eduardo Bolsonaro
3 Presidente diz que crítica feita por Maia "não foi pessoal"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.