Leia também:
X Alcolumbre pede prorrogação do auxílio emergencial no Amapá

Bolsonaro indica militar para vaga na diretoria da Anvisa

Tenente-coronel do Exército Jorge Luiz Kormann já atua no Ministério da Saúde

Pleno.News - 12/11/2020 12h46 | atualizado em 12/11/2020 13h00

Presidente da República Jair Bolsonaro Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro encaminhou ao Senado Federal, para apreciação, o nome do tenente-coronel do Exército Jorge Luiz Kormann para ocupar uma vaga na diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Atualmente, Kormann está na equipe do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, como secretário executivo adjunto da pasta. A mensagem de envio da indicação foi publicada na edição desta quinta-feira (12) do Diário Oficial da União (DOU).

Kormann atua na Saúde desde maio, quando o órgão ainda estava sob o comando do oncologista Nelson Teich. Na ocasião, ele foi nomeado para o cargo de diretor de programa. Em junho, Kormman foi promovido a secretário executivo adjunto. Para assumir o posto na Anvisa, Kormann precisa ter o nome aprovado por uma comissão e pelo plenário do Senado. Se passar, ele entra na vaga que será aberta com o término do mandato da farmacêutica Alessandra Bastos Soares, em 19 de dezembro de 2020.

Em outubro, o presidente Bolsonaro havia enviado para essa vaga um outro nome, o de Roberto Ferreira Dias, atual diretor do Departamento de Logística em Saúde da Secretaria Executiva do Ministério da Saúde. No entanto, em seguida Bolsonaro desistiu do nome. O cancelamento da indicação ocorreu depois da divulgação de informações de que Roberto Dias estaria envolvido na autorização de um contrato de R$ 133,2 milhões suspeito de conter irregularidade.

Também no mês passado, outras quatro indicações de Bolsonaro para a Anvisa foram aprovadas pelo Senado. Dentre elas, a confirmação do contra-almirante da Marinha Antônio Barra Torres como diretor-presidente do órgão. Antônio Barra já estava à frente da agência, como interino, desde o início do ano. Ele e outros três diretores da Anvisa – o advogado Alex Machado Campos, a farmacêutica Meiruze Sousa Freitas e a médica Cristiane Rose Jourdan Gomes – foram nomeados na semana passada.

*Estadão

Leia também1 Professora que acusou Bolsonaro de matar Marielle é demitida
2 Alcolumbre pede prorrogação do auxílio emergencial no Amapá
3 PF aponta que jovem de 25 anos tinha plano de matar Bolsonaro
4 Bolsonaro desmente notícia do Estadão: 'Brasil não é comunista'
5 EUA preveem novo orçamento considerando Trump vencedor

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.