Leia também:
X Marco Aurélio alerta STF a não interferir em outros poderes

“Governadores e prefeitos que irão decidir sobre as máscaras”

Presidente Jair Bolsonaro voltou a defender que o uso das peças não seja obrigatório no país

Henrique Gimenes - 11/06/2021 14h39 | atualizado em 11/06/2021 14h58

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Alan Santos

Nesta sexta-feira (11), o presidente Jair Bolsonaro retomou o assunto das máscaras no Brasil e, em entrevista à imprensa na porta do Palácio da Alvorada, voltou a defender que o uso das peças não seja obrigatório. Ele, no entanto, ressaltou que a decisão final será de governadores e prefeitos.

Bolsonaro já havia abordado o assunto nesta quinta-feira (10), quando revelou ter pedido ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, um parecer liberando das máscaras os vacinados e quem já foi infectado com Covid-19.

Ao retomar o assunto nesta sexta, Bolsonaro apontou que, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), “quem manda” são governadores e prefeitos.

– Quem já foi infectado e quem tomou vacina não precisa usar máscara. Quem vai decidir é ele [ministro Queiroga], dar um o parecer. Se bem que quem decide na ponta da linha é o governador e prefeito; eu não apito nada. É ou não é? Segundo o Supremo, quem manda são eles. Nada como você estar em paz com a sua consciência – ressaltou.

Leia também1 Marco Aurélio alerta STF a não interferir em outros poderes
2 Brasil é eleito para Conselho de Segurança da ONU
3 Bolsonaro entra de surpresa em avião e cumprimenta apoiadores
4 Renan compara Bolsonaro a Jim Jones, líder de seita nos EUA
5 Bolsonaro e Guedes autorizaram GLO na Amazônia, diz Mourão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.