Leia também:
X Entrevista de Bolsonaro tem 5 vezes mais audiência que Lula

Bolsonaro fala sobre políticas antidrogas: “Não deixar entrar”

O presidente respondeu a uma dúvida do cantor Felipe Vilela, ex-usuário de drogas

Leiliane Lopes - 12/09/2022 22h42 | atualizado em 13/09/2022 11h55

Bolsonaro respondeu a uma dúvida do cantor Felipe Vilela, ex-usuário de drogas Foto: YouTube

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou, nesta segunda-feira (12), de um podcast colaborativo com cinco influenciadores evangélicos.

O cantor e pastor Felipe Vilela, ex-usuário de drogas, falou sobre seu testemunho de transformação e questionou as políticas públicas do seu governo voltadas para a população mais carente com acesso fácil aos entorpecentes.

– Primeiro a gente combate às drogas. Temos políticas que fazemos em conjunto com as 27 unidades da federação. Também não pensamos em legalizar nenhum tipo de drogas e nem prender usuários – declarou o presidente.

Bolsonaro também citou que por intermédio do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos foram feitos vários investimentos em clínicas de reabilitação para usuários de drogas.

– Temos investido muito em casas de reabilitação. Se investe muito, mas poucos se recuperam. Por isso que eu falo que mais do que tirar o cara da droga, é não deixar ele entrar – afirmou.

O chefe do Executivo também falou sobre a geração de emprego. Ele acredita que por meio do emprego é possível evitar que o jovem recorra à criminalidade.

– Estamos cada vez mais criando novas oportunidades de emprego – revela o presidente ao citar dados históricos sobre a baixa do desemprego no Brasil, que hoje está em 9,1%.

Assista:

Leia também1 Entrevista de Bolsonaro tem 5 vezes mais audiência que Lula
2 Bolsonaro sobre Temer: “O coveiro me enganou uma vez só”
3 TSE deve julgar, nesta terça, uso do 7 de Setembro por Bolsonaro
4 Bolsonaro relata seus momentos mais marcantes com Deus
5 Noblat: Vitória de Bolsonaro no 1º turno não pode ser descartada

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.