Leia também:
X Porchat critica Bolsonaro: “Ele não deu certo. Não funcionou”

Bolsonaro fala em ir à Justiça contra reajustes da Petrobras

Presidente afirmou que papel social da empresa está previsto em lei

Henrique Gimenes - 12/05/2022 21h41 | atualizado em 13/05/2022 09h19

Presidente da República, Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Nesta quinta-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar os aumentos de combustíveis promovidos pela Petrobras e apontou que pode acionar a Justiça contra os reajustes. Durante sua tradicional live pelas redes sociais, ele afirmou que a empresa deve cumprir seu papel social.

Ele ainda disse que espera promover mudanças para “diminuir o preço dos combustíveis no Brasil”.

– Deixo bem claro que está previsto em lei, no caso da Petrobras, que ela tem que ter o seu papel social no tocante ao preço de combustíveis. Ninguém quer que a Petrobras tenha prejuízos ou fazer o que a senhora Dilma [Rousseff, ex-presidente] fez lá atrás, interferindo artificialmente no preço da Petrobras. A gente espera, aqui, a redução do preço. Vamos ter que recorrer à Justiça – destacou.

Leia também1 Porchat critica Bolsonaro: "Ele não deu certo. Não funcionou"
2 FAB expulsa sargento preso com 39 kg de cocaína na Espanha
3 Fachin foi "descortês" com as Forças Armadas, diz Bolsonaro
4 Porchat diz que consulta padres e pastores para especial de Natal
5 Intervir na Petrobras só por vias legais, afirma Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.