Leia também:
X Filha de Xuxa perdeu cerca de R$ 1,2 mi em golpe dos bitcoins

Bolsonaro explica à imprensa o bloqueio de recursos no MEC

Presidente afirmou que precisa cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal

Henrique Gimenes - 06/10/2022 18h44 | atualizado em 06/10/2022 19h01

Presidente da República, Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Nesta quinta-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro falou sobre o contingenciamento de verbas de órgãos vinculados ao Ministério da Educação (MEC) e explicou o motivo de a medida ter sido adotada. De acordo com ele, é necessário que o governo siga a Lei de Responsabilidade Fiscal.

A declaração foi feita durante conversa com jornalistas em Minas Gerais.

– Chama-se contingenciamento. Eu tenho que seguir a Lei de Responsabilidade Fiscal. O repasse de recursos é em função da entrada de receita. Então, o que foi adiado até dezembro é uma pequena parcela. Deixo bem claro, o orçamento para a educação, para o ensino superior no corrente ano, é quase R$ 1 bilhão superior ao ano passado. Apenas contingenciamento que todos os governos fizeram, não por maldade, vontade própria, mas para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal – ressaltou.

O ato foi publicado pelo governo federal na última sexta-feira (30). Com a medida, universidades, institutos federais e outros órgãos vinculados ao MEC não poderão realizar novos gastos. A previsão é que a liberação ocorra em novembro.

Leia também1 Zema reúne 600 prefeitos de MG para campanha de Bolsonaro
2 TSE aprova medalha a Pacheco por "serviços à democracia"
3 Nikolas Ferreira explica sobre cortes do MEC: "Despesas extras"
4 Biden perdoa os condenados por porte de maconha
5 Policial militar é morto em ataque de criminosos no Rio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.