Leia também:
X Daniela Lima conta ter sido agredida em ato do PT em 2014: “Chutada por militantes”

Bolsonaro e Queiroga discutirão hoje a desobrigação de máscaras

A estimativa do governo é de que o país "vai ter que conviver com o vírus"

Monique Mello - 23/08/2021 12h42 | atualizado em 23/08/2021 12h59

Presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde Marcelo Queiroga Foto: PR/Alan Santos

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que, nesta segunda-feira (23), ele irá se reunir com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para discutir a desobrigação do uso da máscara. As declarações foram dadas em entrevista à Rádio Nova Regional, do Vale do Ribeira (SP).

Bolsonaro disse pedir a Deus pela efetividade das vacinas contra a Covid-19, mas que há alguns imunizantes que “não estão dando certo”. Ele afirmou também que tanto as vacinas quanto o tratamento precoce são experimentais e estão sendo usados de forma emergencial.

O chefe do Executivo pontuou que a estimativa feita pelo governo é de que o país vai ter que conviver com o coronavírus, porque “infelizmente ele veio para ficar”.

O encontro com Queiroga será com o objetivo de dar “solução esse caso”. Na semana passada, o ministro da Saúde já havia afirmado que não defende o uso obrigatório da máscara. No entanto, Bolsonaro ponderou que, pela decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), governadores e municípios podem manter o uso obrigatório do item.

 

Leia também1 Queiroga diz que é contra o uso obrigatório de máscaras
2 Mortes de idosos com duas doses da vacina da Covid sobem no RJ
3 Paes vai a samba em meio à alta ocupação de UTIs Covid no Rio
4 Em Joinville, vacina contra a Covid-19 é aplicada nas nádegas
5 Com ritmo avançado, Brasil deve vacinar os adultos antes dos EUA

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.