Leia também:
X Michelle diz a Sikêra Jr. que Bolsonaro é “imbrochável”

Bolsonaro diz ser odiado por artistas por mexer na Rouanet

Presidente manifestou intenção de fazer novas mudanças na Lei de Incentivo à Cultura

Paulo Moura - 31/05/2022 10h24 | atualizado em 31/05/2022 10h50

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a comentar as mudanças que sua administração fez nas regras para captação de recursos por meio da chamada Lei Rouanet. Em entrevista concedida ao apresentador Ratinho, que vai ao ar nesta terça-feira (31) na Rede Massa FM, o líder afirmou que essa atitude teria deixado os artistas mais famosos revoltados com sua gestão.

– Nós priorizamos o artista mais de início de carreira, o artista que é sertanejo e que é mais humilde. Isso, obviamente, fez com que artistas conhecidos ficassem revoltados comigo – justificou.

Bolsonaro relatou que, quando assumiu o governo, alguns artistas podiam pegar até R$ 10 milhões por ano da Lei Rouanet, o que ele imediatamente mudou, com a quantia sendo reduzida para R$ 1 milhão. De acordo com o chefe do Executivo, com a chegada de Mário Frias na Secretaria Especial de Cultura, o valor baixou pra R$ 500 mil e foram incluídos critérios para a captação.

Segundo a coluna de Leo Dias, do site Metrópoles, que divulgou um trecho da conversa, Bolsonaro também manifestou um desejo de fazer novas mudanças na legislação. Para o líder, a ideia é que parte do valor que é utilizada com a Rouanet seja repassada para áreas como a ciência e a tecnologia.

– Ratinho, olha só: o que são R$ 500 mil reais? O que alteram? Muita coisa! Acho que tem de diminuir esse valor e talvez voltar a Lei Rouanet para ciência e para tecnologia – completou.

Leia também1 Gusttavo Lima chora: "Nunca me aproveitei de dinheiro público"
2 Governo dispensa o número 2 da PRF após morte de Genivaldo
3 União Brasil libera apoio a Jair Bolsonaro enquanto lança Bivar
4 Lira defende que o Cade tome medidas fortes contra Petrobras
5 Perícia encontra faca em carro de ex-assessor de Monteiro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.