CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X SP: Comerciantes da capital já se preparam para reabertura

Bolsonaro diz que não cogita indicar Aras ao STF até 2022

Em suas redes sociais, presidente afirmou que duas vagas estão previstas e o nome do PGR não será indicado para elas

Henrique Gimenes - 29/05/2020 22h01 | atualizado em 29/05/2020 22h11

Presidente Jair Bolsonaro e o PGR, Augusto Aras Foto: Isac Nóbrega/PR

Na noite desta sexta-feira (29), o presidente Jair Bolsonaro utilizou suas redes sociais para explicar uma declaração que fez durante sua live desta quinta-feira (28) a respeito de indicar o procurador-geral da República, Augusto Aras, para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Em sua conta do Twitter, ele esclareceu que não cogita indicar o nome do PGR para uma das duas vagas previstas até o final de seu mandato.

– Todos sabem que durante o mandato para o qual fui eleito, que vai até 2022, estão previstas apenas duas vagas para o Supremo Tribunal Federal. Conforme afirmei em “live”, e com todo o respeito que tenho pelo Senhor PGR, Augusto Aras, não cogito indicar o seu nome para essas vagas – explicou.

A declaração de Bolsonaro sobre cogitar o nome de Aras para o Supremo ocorreu durante uma entrevista à Rádio Jovem Pan nesta quinta, que também foi transmitida em suas redes sociais.

– Se aparecer uma terceira vaga, espero que ninguém desapareça, mas o Augusto Aras entra fortemente na terceira vaga – afirmou Bolsonaro.

Leia também1 PF diz ao STF que irá ouvir depoimento de Jair Bolsonaro
2 Trump afirma que tem "muito respeito" por Jair Bolsonaro
3 Globo erra notícia e é obrigada a se desculpar ao vivo
4 Guedes pede cooperação e diálogo ou "o barco naufraga"
5 Aras é nome forte para eventual terceira vaga no STF

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo