Leia também:
X Brasil passa dos 50 milhões de vacinados contra a Covid-19

Bolsonaro diz que “não acredita nada” na urna eletrônica

Presidente voltou a questionar a confiabilidade do atual modelo de votação

Paulo Moura - 09/06/2021 08h08 | atualizado em 09/06/2021 09h36

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Isac Nóbrega/PR

Na noite de terça-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a questionar a confiabilidade das urnas eletrônicas. A apoiadores que o aguardavam em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, ele disse que “não acredita nada” no sistema de contabilização de votos.

– Perguntam:”Como você ganhou e reclama?” Eu tive muito voto – justificou o presidente, que defende um sistema que permita a impressão dos votos.

A proposta de emenda à Constituição (PEC) do voto impresso, uma das principais bandeiras da base de apoio ao presidente, deve avançar com amplo apoio na comissão especial sobre o tema instalado na Câmara dos Deputados – inclusive com apoio de setores da oposição. Dos 34 parlamentares do colegiado, 21 são favoráveis à mudança. A proposta precisa de 17 votos para avançar.

*Estadão

Leia também1 Ao STF, governo nega ter sido 'irresponsável' na pandemia
2 Fux pede que Bolsonaro aguarde antes de indicação para o STF
3 Deputado do PSOL quer revogar sigilo do Exército sobre Pazuello
4 Aziz avalia acionar FBI para ouvir Arthur Weintraub em CPI
5 Guedes diz que governo não fará populismo fiscal por reeleição

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.