Leia também:
X Doria anuncia vale gás de R$ 100 a cada dois meses até dezembro

Bolsonaro diz que manifestantes são “pobres coitados”

Presidente afirmou que a maior parte das pessoas que participa de atos da esquerda são pagas

Henrique Gimenes - 23/06/2021 15h51 | atualizado em 23/06/2021 18h21

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Alan Santos

Em conversa com apoiadores nesta quarta-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro criticou quem foi às manifestações contra o governo no último sábado (19). Para ele, os manifestantes que estavam lá (em sua maioria) são “pobres coitados” que precisam ser recuperados.

Bolsonaro entrou no assunto ao criticar a cobertura da imprensa sobre os atos que ocorreram no fim de semana.

– Foi em São Paulo que queimaram a bandeira agora? O movimento “esquerdalha do bem”? Inclusive a imprensa diz que “jogaram rojão em cima da gente, mas a maioria está ali pacificamente – apontou.

O presidente falou sobre os protestos e afirmou que a maioria das pessoas que compareceram aos atos foi paga para isto.

– [O] Pessoal ali, a maioria é paga. Se perguntar o que está fazendo, não sabe o que está fazendo. Esse pessoal aí, a gente vai recuperando esse pessoal devagar. A maioria que tem ali são pobres coitados – explicou.

Leia também1 Bolsonaro escreve versículo e documento irá para museu
2 Bolsonaro compartilha vídeo do papa Francisco sem máscara
3 Sem espaço no partido, Geraldo Alckmin prepara saída do PSDB
4 CPI pede auditoria do TCU sobre 'motociatas' de Bolsonaro
5 CPI convoca ex-coordenador na Saúde por compra da Covaxin

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.