Leia também:
X Missão Novas Tribos do Brasil rebate matérias de O Globo

Bolsonaro ataca Maia e exige: ‘Tem que me respeitar’

Presidente disse que Maia tem "péssima atuação"

Pleno.News - 16/04/2020 21h43 | atualizado em 17/04/2020 16h51

Jair Bolsonaro fez duras acusações contra Rodrigo Maia Foto: PR/Marcos Corrêa

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), acusou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de conspirar para tirá-lo do Palácio do Planalto e qualificou como péssima a atuação do deputado.

– Parece que a intenção é me tirar do governo. Quero crer que esteja equivocado – disse Bolsonaro ao comentar a aprovação pela Câmara de um projeto de socorro aos estados.

A proposta determina que a União irá transferir R$ 80 bilhões, segundo cálculos de líderes partidários, por seis meses, como forma de compensação pelas perdas de ICMS (imposto estadual) e ISS (municipal) diante da crise econômica.

– Isso não se faz com o Brasil. Eu lamento. Isso é falta de patriotismo, de coração verde e amarelo, de humanismo. Isso é quase que conspirar contra o governo federal. Eu lamento, mas esta não é a forma de se fazer política no Brasil – afirmou Bolsonaro.

O chefe do Executivo disse ainda que as medidas adotadas por Maia são escandalosas.

– Lamento muito a posição do Rodrigo Maia, que resolveu assumir o papel do Executivo. Ele tem que me respeitar como chefe do Executivo – afirmou em entrevista à CNN Brasil.

Bolsonaro prosseguiu com as críticas e questionou o comportamento do deputado.

– Qual o objetivo do senhor Rodrigo Maia? Resolver o problema ou atacar o presidente da República? O sentimento que eu tenho é que ele não quer amenizar os problemas. Ele quer atacar o governo federal, enfiar a faca – disse Bolsonaro.

O presidente da República reclamou de falta de diálogo da parte de Maia e afirmou que o presidente da Câmara “está conduzindo o país para o caos”.

– Ele sabe que está errada a posição dele. Péssima a sua atuação – disse.

Bolsonaro insinuou outros interesses da parte de Maia, mas não detalhou.

– A gente sabe seu tipo de diálogo. Este diálogo não vai ter comigo – apontou.

*Folhapress

Leia também1 Bolsonaro: "Cloroquina pode ser eficaz contra a Covid-19"
2 Bolsonaro: "Mandetta não se preocupava com desemprego"
3 Malafaia desafia governadores a pedir isolamento a pobres

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.