Leia também:
X “Querem politizar uma tentativa de homicídio”, diz Bolsonaro

Bolsonaro: Lula já ofereceu Caixa e um ministério em negociações

Presidente da República deu declarações durante uma entrevista coletiva, nesta quarta-feira

Pleno.News - 05/01/2022 11h44 | atualizado em 05/01/2022 14h31

O presidente da República, Jair Bolsonaro Foto: Reprodução/YouTube/Planalto

Durante uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira (5), no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro respondeu perguntas de representantes da imprensa. Questionado a respeito da ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, ele disse que pretende mantê-la no cargo.

– [A] Indicação da Flávia Arruda foi minha. Porque eu [a] indiquei não por ela ser mulher, nem nada, mas pela competência dela. Ninguém ligou para mim. Ninguém pede a cabeça de ministro como pede no passado – disse.

Em meio à sua resposta, o chefe do Executivo expôs ainda o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo Bolsonaro, Lula já ofereceu a Caixa Econômica e um ministério em negociações para conseguir apoio político.

– Você sabe como o Lula está conseguindo apoio por aí com lideranças políticas? Negociando. Eu não vou falar aqui, para não polemizar. Mas, para uma dessas pessoas, [ele] já ofereceu a Caixa Econômica e um ministério. É assim que ele está fazendo. Então, ele consegue adesão de alguns partidos em troca de ministérios, de bancos oficiais e de estatais – declarou Bolsonaro.

Em seguida, o presidente voltou a falar da situação de Flávia Arruda.

– Onde a Flávia Arruda está errando? Desconheço. Se estiver ruim, eu chamo e converso com ela. Ela jamais será demitida pela imprensa.

Leia também1 "Querem politizar uma tentativa de homicídio", diz Bolsonaro
2 Bolsonaro sanciona mudança no Plano de Auxílio e RRF estadual
3 Presidente Bolsonaro recebe alta após ficar dois dias internado
4 Ana: "Se Adélio fosse um lobo solitário, existiria tanto sigilo?"
5 Delegado da PF que já investigou o PCC vai apurar facada

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.