Leia também:
X Itaú ressarcirá 4,7 milhões de clientes por tarifas indevidas

Bolsonaro diz que atos contra governo são de “marginais”

Presidente fez declaração dura contra manifestações que usaram violência e confronto

Paulo Moura - 05/06/2020 11h56 | atualizado em 05/06/2020 15h02

Bolsonaro fez post religioso na manhã desta quarta-feira Foto: PR/Isac Nóbrega

Durante a inauguração do primeiro hospital de campanha federal nesta sexta-feira (5), em Águas Lindas de Goiás (GO), o presidente Jair Bolsonaro fez um duro discurso contra os manifestantes que realizaram atos anti-governo com uso da violência. Em sua fala, o chefe do Executivo disse que o grupo é composto de “marginais e maconheiros”.

– Eles são uns marginais, maconheiros, desocupados, que não sabem nada de economia e não sabem o que é trabalhar pra ganhar o seu pão de cada dia – afirmou o presidente.

Bolsonaro também destacou que o grupo tenta “quebrar o Brasil” através da violência e defendeu que aplicará a lei contra os manifestantes caso eles cometam algum ato contra as legislações brasileiras.

– O outro lado, que luta por democracia, que quer o governo funcionando, quer um Brasil melhor e preza por sua liberdade, que não compareçam às ruas nestes dias para que as forças de segurança, não só estaduais, bem como a nossa, federal, façam seu devido trabalho porventura estes marginais extrapolem os limites da lei – completou.

Leia também1 Bolsonaro sugere uso da Força Nacional nos atos de domingo
2 Bolsonaro vai fazer live com pastores em oração pelo Brasil
3 Bolsonaro inaugura primeiro hospital de campanha federal
4 Imprensa espanhola elogia comportamento de Bolsonaro
5 Auxílio: Bolsonaro fala sobre pagamento de novas parcelas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.