CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Bolsonaro chama Doria de ‘bosta’ e Witzel de ‘estrume’

Bolsonaro diz ‘Brasil acima de tudo’ após divulgação de vídeo

Ministro Celso de Mello, do STF, retirou sigilo de reunião ministerial ocorrida em abril

Henrique Gimenes - 22/05/2020 18h31 | atualizado em 22/05/2020 18h39

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Após o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), retirar o sigilo do vídeo de uma reunião ministerial ocorrida no dia 22 de abril, o presidente Jair Bolsonaro se manifestou em suas redes sociais.

Em sua conta do Twitter, ele mandou um recado a seus seguidores.

– Brasil acima de tudo! – escreveu.

A gravação faz parte de um inquérito aberto após Sergio Moro pedir demissão do Ministério da Justiça e acusar Bolsonaro de tentar interferir na Polícia Federal (PF).

Bolsonaro já havia comentado, em sua live nesta quinta-feira (21), sobre a gravação, quando disse que não havia nada no vídeo apontando que ele tentou interferir na PF.

– Vão perder amanhã. Estou adiantando a decisão do ministro Celso de Mello. Não tem nada, nenhum indício de que interferi na Polícia Federal naquelas duas horas de fita. Agora eu peço, não divulgue a fita toda. Tem questões reservadas, tem particularidades ali (…) Tem dois pedacinhos de 15 segundos que é questão de política externa que não podem divulgar. O resto divulga. E tem bastante palavrão. Peço para o pessoal não assistir, uma reunião reservada – ressaltou.

Leia também1 Bolsonaro chama Doria de 'bosta' e Witzel de 'estrume'
2 "Um Judiciário politizado é um câncer para a democracia"
3 Bolsonaro reclama de Moro em vídeo: 'A Justiça não fala'
4 Vídeo: Ministro libera reunião entre Bolsonaro e ministros
5 Bolsonaro sobre vídeo de reunião: "Vão perder amanhã"

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo