Leia também:
X Flordelis exonera filho que ocupava cargo na Câmara

Bolsonaro dispensa o porta-voz Otávio Rêgo Barros

Presidente resolveu dar fim ao cargo ocupado pelo militar

Rafael Ramos - 09/09/2020 12h31 | atualizado em 09/09/2020 13h21

Otávio Rêgo Barros foi dispensado pelo presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/José Dias

O presidente Jair Bolsonaro resolveu extinguir o cargo de porta-voz da Presidência, que era ocupado pelo general Otávio Rêgo Barros desde o primeiro dia do atual governo. Dessa forma, o militar tem até sexta-feira (11) para limpar suas gavetas e ir para casa.

Um dos rostos mais conhecidos do governo, Otávio foi chefe do Centro de Comunicação Social do Exército e era responsável por ler os boletins oficiais do governo Bolsonaro para a imprensa. Católico e devoto de São Francisco de Assis, ele sempre se mostrou alguém discreto e foi responsável por promover os cafés da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto.

O militar foi responsável por comandar a ocupação do complexo do Alemão no Rio de Janeiro e pela segurança da conferência Rio +20, promovida pelas Organizações das Nações Unidas.

Leia também1 Toffoli deixa a presidência do STF: Veja trajetória polêmica
2 Apresentadora rebate atriz da Globo e defende Bolsonaro
3 Bolsonaro: "Não pode amarrar o cara e dar vacina nele"
4 Morre o chefe do Centro de Inteligência do Exército
5 Detonautas lança música contra a família Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.